sicnot

Perfil

Desporto

Scolari acredita que a Superliga chinesa será "uma das melhores do mundo"

O treinador do Guangzhou Evergrande, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, disse estar confiante de que a Superliga chinesa de futebol vai converter-se "numa das melhores competições do mundo" nos próximos anos.

© Dominic Ebenbichler / Reuters

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o antigo selecionador de Portugal e do Brasil e atual técnico dos pentacampeões chineses disse "estar muito feliz" na China, um país com "uma cultura diferente e um estilo de vida diverso".

"Sei que o Presidente do país [Xi Jinping] está motivado e apoia o futebol", assinalou.

No total, as 16 equipas que disputam a Superliga Chinesa de futebol investiram esta época cerca de 317 milhões de euros na contratação de jogadores estrangeiros, mais 92% do que gastaram na temporada interior.

No passado dia 08 de abril, o técnico brasileiro referiu à agência Lusa que a atual edição do campeonato chinês "será a mais disputada de sempre", face à "qualidade das contratações e evolução dos jogadores chineses".

"Este ano, teremos no mínimo seis equipas a disputar o título até ao final e mais quatro que deverão surpreender", afirmou, à margem de uma conferência de imprensa no Estádio dos Trabalhadores, na zona oriental de Pequim.

Em 2015, o Guangzhou sagrou-se pentacampeão, após uma renhida luta frente ao Shanghai SIPG, conjunto orientado por Sven-Goran Eriksson, tendo vencido ainda a Liga dos Campeões asiática.

Na entrevista ao The Sun, Scolari, que comandou o Chelsea entre julho de 2008 e fevereiro de 2009, advertiu também o italiano Antonio Conte, recém-contratado para orientar o conjunto inglês nas próximas três temporadas, que não há preparação possível para treinar os 'blues', nem para trabalhar na Liga inglesa.

"Podes ganhar o Mundial e o Campeonato da Europa e ser o melhor treinador do planeta, mas nada te prepara para um trabalho como o de dirigir o Chelsea", afirmou.

"Quando vês que um técnico tão sucedido e inteligente como [José] Mourinho é despedido por duas ocasiões dás-te conta do quão complicado é", concluiu Scolari.

Lusa

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.