sicnot

Perfil

Desporto

Scolari acredita que a Superliga chinesa será "uma das melhores do mundo"

O treinador do Guangzhou Evergrande, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, disse estar confiante de que a Superliga chinesa de futebol vai converter-se "numa das melhores competições do mundo" nos próximos anos.

© Dominic Ebenbichler / Reuters

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o antigo selecionador de Portugal e do Brasil e atual técnico dos pentacampeões chineses disse "estar muito feliz" na China, um país com "uma cultura diferente e um estilo de vida diverso".

"Sei que o Presidente do país [Xi Jinping] está motivado e apoia o futebol", assinalou.

No total, as 16 equipas que disputam a Superliga Chinesa de futebol investiram esta época cerca de 317 milhões de euros na contratação de jogadores estrangeiros, mais 92% do que gastaram na temporada interior.

No passado dia 08 de abril, o técnico brasileiro referiu à agência Lusa que a atual edição do campeonato chinês "será a mais disputada de sempre", face à "qualidade das contratações e evolução dos jogadores chineses".

"Este ano, teremos no mínimo seis equipas a disputar o título até ao final e mais quatro que deverão surpreender", afirmou, à margem de uma conferência de imprensa no Estádio dos Trabalhadores, na zona oriental de Pequim.

Em 2015, o Guangzhou sagrou-se pentacampeão, após uma renhida luta frente ao Shanghai SIPG, conjunto orientado por Sven-Goran Eriksson, tendo vencido ainda a Liga dos Campeões asiática.

Na entrevista ao The Sun, Scolari, que comandou o Chelsea entre julho de 2008 e fevereiro de 2009, advertiu também o italiano Antonio Conte, recém-contratado para orientar o conjunto inglês nas próximas três temporadas, que não há preparação possível para treinar os 'blues', nem para trabalhar na Liga inglesa.

"Podes ganhar o Mundial e o Campeonato da Europa e ser o melhor treinador do planeta, mas nada te prepara para um trabalho como o de dirigir o Chelsea", afirmou.

"Quando vês que um técnico tão sucedido e inteligente como [José] Mourinho é despedido por duas ocasiões dás-te conta do quão complicado é", concluiu Scolari.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".