sicnot

Perfil

Desporto

Scolari acredita que a Superliga chinesa será "uma das melhores do mundo"

O treinador do Guangzhou Evergrande, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, disse estar confiante de que a Superliga chinesa de futebol vai converter-se "numa das melhores competições do mundo" nos próximos anos.

© Dominic Ebenbichler / Reuters

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o antigo selecionador de Portugal e do Brasil e atual técnico dos pentacampeões chineses disse "estar muito feliz" na China, um país com "uma cultura diferente e um estilo de vida diverso".

"Sei que o Presidente do país [Xi Jinping] está motivado e apoia o futebol", assinalou.

No total, as 16 equipas que disputam a Superliga Chinesa de futebol investiram esta época cerca de 317 milhões de euros na contratação de jogadores estrangeiros, mais 92% do que gastaram na temporada interior.

No passado dia 08 de abril, o técnico brasileiro referiu à agência Lusa que a atual edição do campeonato chinês "será a mais disputada de sempre", face à "qualidade das contratações e evolução dos jogadores chineses".

"Este ano, teremos no mínimo seis equipas a disputar o título até ao final e mais quatro que deverão surpreender", afirmou, à margem de uma conferência de imprensa no Estádio dos Trabalhadores, na zona oriental de Pequim.

Em 2015, o Guangzhou sagrou-se pentacampeão, após uma renhida luta frente ao Shanghai SIPG, conjunto orientado por Sven-Goran Eriksson, tendo vencido ainda a Liga dos Campeões asiática.

Na entrevista ao The Sun, Scolari, que comandou o Chelsea entre julho de 2008 e fevereiro de 2009, advertiu também o italiano Antonio Conte, recém-contratado para orientar o conjunto inglês nas próximas três temporadas, que não há preparação possível para treinar os 'blues', nem para trabalhar na Liga inglesa.

"Podes ganhar o Mundial e o Campeonato da Europa e ser o melhor treinador do planeta, mas nada te prepara para um trabalho como o de dirigir o Chelsea", afirmou.

"Quando vês que um técnico tão sucedido e inteligente como [José] Mourinho é despedido por duas ocasiões dás-te conta do quão complicado é", concluiu Scolari.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.