sicnot

Perfil

Desporto

Telma Monteiro admite que medalha é objetivo nos Jogos Olímpicos

A judoca Telma Monteiro garantiu hoje que está a recuperar bem da operação ao joelho esquerdo, admitindo que a conquista de uma medalha nos Jogos Olímpicos Rio2016 faz parte dos seus planos.

Arquivo

Arquivo

© Rafael Marchante / Reuters

"Tenho os meus objetivos, os meus sonhos. É óbvio que uma atleta que já conquistou tantas coisas, como eu já conquistei, tem sempre uma medalha nos seus planos", disse Telma Monteiro.

A judoca, que há dois meses foi operada ao ligamento lateral interno do joelho esquerdo, explicou que já está a fazer trabalho de ginásio, mas que "ainda falta algumas semanas para integrar o treino de judo".

Telma Monteiro manifestou-se esperançada em ainda conseguir competir ao mais alto nível antes do Jogos Olímpicos Rio2016, que irão decorrer entre 5 e 21 de agosto.

A judoca já esteve em três Jogos Olímpicos - em Atenas2004 (9.ª classificada),em Pequim2008 (9.ª) e em Londres2012 (17.ª) -, ficando sempre aquém do seu estatuto de judoca de topo na hierarquia mundial.

Já Rui Bragança, que vai estrear-se em Jogos Olímpicos, admitiu que é muito difícil prever o que vai acontecer no torneio de taekwondo -58 kg "no qual estarão presentes os 16 melhores do mundo".

"Os combates são sempre imprevisíveis. O que quero é chegar lá bem preparado. Os dois últimos anos foram muito duros em termos de preparação", afirmou o atleta, que em julho conquistou a medalha de ouro nos Jogos Europeus, que decorreram em Baku.

Os dois atletas falavam à margem da conferência "Alto rendimento desportivo, projeto olímpico e paralímpico Rio 2016 e desafios para os próximos ciclos olímpicos", que decorreu em Lisboa.

Lusa

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35

    País

    A data para as próximas eleições autárquicas já gerou consenso. 1 de outubro é a data pedida pelos vários partidos ouvidos esta segunda-feira por António Costa. Na próxima quinta-feira, no Conselho de Ministros, o dia de ir às urnas vai ser escolhido.