sicnot

Perfil

Desporto

"Tudo vai bem" na relação de Spalletti com Totti depois de alegados confrontos no domingo

O treinador da Roma disse esta terça-feira que esclareceu os diferendos com o futebolista Francesco Totti, respondendo aos alegados confrontos entre ambos após o empate 3-3 no terreno da Atalanta, carimbado justamente pelo capitão de equipa.

© Rafael Marchante / Reuters

"Entre mim e Totti, tudo vai bem. Reunimos na terça-feira e ficou tudo esclarecido", garantiu Luciano Spalletti na antevisão ao jogo frente ao Torino, de quarta-feira, a contar para a 34.ª jornada do campeonato italiano.

No domingo, a Roma até esteve a vencer por 2-0, mas a Atalanta 'virou' o marcador. Só que Francesco Totti, habitualmente suplente com Spalletti, entrou em campo aos 78 minutos e empatou o jogo aos 86, somando o seu segundo golo no campeonato, de longe o seu pior pecúlio na carreira.

Spalletti desvalorizou a importância de Totti para o desfecho do encontro e a imprensa italiana adiantou que existiu uma discussão entre treinador e jogador, com confrontos físicos à mistura no final do jogo.

Já hoje, o treinador alinhou no discurso dos diretores romanos que têm expressado apoio ao capitão de equipa, que chegou, inclusivamente, ao pódio dos atletas com mais jogos na liga italiana (595), atrás de Paolo Maldini (646) e Javier Zanetti (619), naquela que é a 24.ª temporada ao serviço dos 'giallorossi'.

"Totti faz parte da história da Roma. Gostava de contratar mais quatro ou cinco jogadores porque precisamos disso para ter uma equipa mais forte. Mas tenho que conseguir arranjar alternativas para conseguir gerir o jogo", concretizou Spaletti, voltando a apontar a má condição física do jogador.

Francesco Totti termina contrato em junho e, mesmo dizendo que pretende prosseguir carreira na Roma, não recebeu qualquer proposta de renovação.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.