sicnot

Perfil

Desporto

Antiga piloto de Fórmula 1 defende Bernie Ecclestone

A antiga piloto de testes britânica Susie Wolff defendeu esta quarta-feira o seu compatriota e patrão da Fórmula 1 Bernie Ecclestone, que na terça-feira defendeu que as mulheres "não têm capacidades físicas" para conduzir na modalidade rainha do automobilismo.

© Phil Noble / Reuters

"Depois de escutar os comentários de Bernie [Ecclestone] e de falar com ele, é para mim claro que partilhamos o mesmo objetivo", escreveu Wolff, na rede social Twitter.

Wolff, a última mulher presente na Fórmula 1, apontou que Ecclestone aceitou na semana passada integrar a iniciativa 'Dare to be Different', que visa aumentar o número de mulheres piloto, dentro e fora da modalidade.

"[Ecclestone] Nunca deixou de me apoiar no meu projeto de me tornar piloto titular. Para mim, as ações falam mais alto do que as palavras. 'Dare to be Different' é dirigido a mulheres piloto com talento e Bernie está connosco", acentuou.

Susie Wolff retirou-se em novembro do ano passado, depois de ter sido piloto de ensaios na escuderia Williams.

Bernie Eccleston, diretor executivo da Fórmula One Management (FOM), afirmou na terça-feira que as mulheres "não têm capacidades físicas" para conduzir um carro de Fórmula 1.

"Não creio que as mulheres tenham as capacidades físicas para conduzir rapidamente um Fórmula 1 e não seriam levadas a sério", comentou o responsável, à margem de um congresso em Londres.

Eccleston, de 85 anos, anteviu, contudo, que aumentará no futuro o número de mulheres em lugares de direção em todos os domínios, já que "são mais competentes" e "não têm egos desmesurados".

Lusa

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões de animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Gases tóxicos expelidos pelo Kilauea ameaçam a população no Havai
    1:51
  • Gilberto Gil cancela atuação em Israel

    Cultura

    O músico brasileiro Gilberto Gil cancelou a atuação que tinha marcada para Telavive, em Israel, no dia 4 de julho, na sequência de protestos em Gaza durante os quais o exército daquele país matou 60 palestinianos.