sicnot

Perfil

Desporto

Atlético de Madrid colado ao Barcelona com golo de Fernando Torres em Bilbao

Um golo solitário de Fernando Torres no terreno do Atlético de Bilbao permitiu ao Atlético de Madrid voltar a emparceirar hoje com o Barcelona no comando da liga espanhola de futebol, no decurso da 34.ª jornada.

© Vincent West / Reuters

As duas equipas seguem com 79 pontos, já que os catalães goelaram, uma hora antes, o Deportivo da Corunha por 8-0, com quatro golos do uruguaio Luís Suárez.

O tento do internacional espanhol foi marcado aos 38 minutos, assistido pelo francês Griezmann, deixando os bascos no quinto posto, com os mesmos 54 pontos que o Celta de Vigo, ambos em lugares de acesso à Liga Europa.

Noutro encontro hoje disputado, o português João Cancelo marcou (56 minutos) um dos quatro tentos com que Valência goleou o Eibar, tendo sido os restantes da autoria de Paco Alcácer (10, 28 e 40).

Os valencianos, que contaram, ainda, com os lusos André Gomes a titular e Ruben Vezo entre os suplentes, subiram ao oitavo posto, agora com 43 pontos, enquanto o Eibar é 11.º, com 34.

O Sporting de Gijón, que bateu, por 2-1, o Sevilha (Daniel Carriço a titular, Diogo Figueiras no banco) fugiu aos lugares de despromoção, enquanto o adversário desta noite, sétimo classificado, perdeu algum fulgor na luta pelas 'eurotaças'.

Por fim, Málaga e Rayo Vallecano empataram a uma bola, sendo que pelos primeiros Ricardo Horta jogou os últimos cinco minutos e Duda não entrou em campo, enquanto, pelos visitantes, Zé Castro foi titular e bebé ficou no banco.

O Real Madrid ainda está a disputar o seu encontro com o Villarreal.

Lusa

  • Meryl Streep mais uma vez candidata a um Óscar

    Óscares 2017

    Aos 67 anos, Meryl Streep soma mais uma nomeação para aqueles que são os prémios mais cobiçados de Hollywood. A atriz foi nomeada pela interpretação em "Florence, Uma Diva Fora de Tom". Esta é vigésima vez que a Academia reconhece o trabalho da atriz, que já levou o Óscar para casa três vezes.

    Miguel Domingos

  • Polanski recusa presidir aos "César" por caso de violação em 1977
    1:55

    Cultura

    Roman Polanski já não vai presidir à cerimónia dos prémios César, o equivalente aos Óscares em França. A decisão de se afastar foi tomada esta terça-feira pelo próprio cineasta, na sequência da polémica em que se viu envolvido assim que foi convidado. Em 1977, Polanski foi acusado de ter violado uma adolescente de 13 anos, na Califórnia, declarando-se culpado. O realizador foi agora pressionado por associações feministas, redes sociais e pela ministra francesa dos direitos das mulheres. O diretor do Festival de Cannes Thierry Fremaux diz que falou com o realizador e acha que não é necessário "adicionar mais problemas ao problema".

  • Marcelo quer fazer mais e melhor no segundo ano de mandato
    0:48
  • "Andem lá com isso!"
    0:42
  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.