sicnot

Perfil

Desporto

Boavista precisa de "muita calma e muita paciência" com o Belenenses

O treinador do Boavista, Erwin Sanchez, aconselhou hoje "muita calma e muita paciência" à sua equipa na receção ao Belenenses, na sexta-feira (20:30), para a 31.ª jornada da I Liga Portuguesa de futebol.

© David Mercado / Reuters

Erwin Sanchez anteviu o jogo como sendo "extremamente importante" para as cores 'axadrezadas', atendendo a que os seus "adversários diretos também têm jogos muito complicados", e referiu que o oponente de sexta-feira "ataca bastante e joga muito bem".

"Mas se a gente não fizer o nosso trabalho bem feito não podemos estar à espera dos outros resultados", continuou, sustentando que o Boavista tem de se concentrar no seu trabalho e "isso, mais uma vez, terá de ser bem feito, com muito calma e muita paciência".

O Belenenses, que pratica um futebol ofensivo, "utiliza o mesmo sistema tanto em casa como fora e é uma equipa que ataca bastante e joga muito bem".

Sanchez também foi confrontando com notícias sobre a sua possível substituição no final desta época, tendo comentado que, "nesta altura do campeonato, tudo pode acontecer".

"Se tivesse chegado ontem ao futebol ficaria preocupado e desagradado. Podia dizer muitas coisas sobre isto, mas para mim não tem sentido e não vale nada", afirmou, realçando que, mesmo que não tenha garantia de que não irá continuar, o assunto não lhe interessa.

As arbitragens, na perspetiva de que têm lesado o Boavista, também voltaram a ser focadas. "Não gosto de falar de arbitragem, pelo simples facto de não me querer imiscuir no trabalho de terceiras pessoas, porque também não gostaria que eles falassem mal da minha equipa", reafirmou.

O treinador, contudo, não se ficou por aí e acrescentou que "contra factos não há argumentos e os números valem o que valem".

"Se tivéssemos esses pontos não estávamos neste lugar, estaríamos noutra situação. Continuo a achar que cada equipa tenta fazer o melhor em campo. Nunca pus em questão o trabalho de um árbitro por causa de um resultado. Pode ajudar a que esse resultado não seja o melhor. Mas isso já passou e não podemos fazer nada. Está feito", analisou.

Sanchez recomenda que o Boavista deve focar-se nos últimos quatro jogos "e esperar que as coisas sejam diferentes".

Depois de outra derrota nos instantes finais, desta vez, com o Estoril-Praia, por 1-0, na ronda anterior, "o moral da equipa está bem e os jogadores têm sabido reagir".

O Boavista marcou 21 golos em 30 jogos. Sanchez concorda que é muito pouco, mas diz que isso "seria preocupante" se a equipa não tivesse chegado com perigo às balizas contrárias.

"Nós temos chegado. Até penaltis já falhamos. Já perdemos muitas oportunidades de fazer golos. Não gosto que a minha equipa tenha poucos golos, é verdade, mas não fico preocupado, porque a equipa chega com perigo à baliza adversária", considerou.

O que tem falhado nesse capítulo específico é "um pouco de tudo," em sua opinião. "As circunstâncias da própria classificação faz com que os próprios jogadores não estejam tão afinados como estariam noutra altura", completou.

O Boavista, 15.º e antepenúltimo classificado, com 26 pontos, recebe sexta-feira (20:30) o Belenenses, 10.º, com 37 pontos, no jogo inaugural da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para o qual foi nomeado o árbitro Bruno Esteves, da Associação de Futebol de Setúbal

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17