sicnot

Perfil

Desporto

Tondela vai contestar castigo aplicado a Petit

O presidente do Tondela, Gilberto Coimbra, avançou hoje que o departamento jurídico do clube vai contestar a suspensão de 25 dias que o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) aplicou ao treinador Petit.

"É uma injustiça e é no mínimo ridícula esta decisão! Já não há nada a fazer quanto ao jogo, já acabou, mas quanto ao castigo não posso concordar com ele: não pode haver dois pesos e duas medidas, comparando com outros treinadores que são mais do que reincidentes", referiu.

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol aplicou, na segunda-feira, ao treinador do Tondela uma suspensão de 25 dias e uma multa de 1.530 euros, por ter sido excluído do jogo com o Sporting de Braga (3-0).

Em conferência de imprensa, o presidente do Tondela apontou o dedo ao árbitro da partida de Braga, Tiago Antunes, por ter induzido em erro o conselho disciplinar, deturpando o que se terá passado na partida da 30.ª jornada da I Liga de futebol.

"É bom que se saiba e as imagens também o dizem, basta vê-las e ler os lábios daquilo que o Petit diz. Diz [o árbitro] que o Petit gesticulou tremendamente, com palavras cheias de ofensas ao quarto árbitro, quando ele nem chega a tirar as mãos dos bolsos", sustentou.

Gilberto Coimbra admitiu que tem consciência que o Tondela não tem o peso de outros clubes como Benfica, Sporting, FC Porto ou Braga, no entanto, exige o mesmo tratamento em termos legais.

"O senhor doutor Pedro Proença já tinha dito que está a pensar tomar posição sobre a vergonha que o nosso futebol está a passar, sobretudo naquilo que se diz todos os dias, com insultos do dirigismo. O senhor doutor Pedro Proença tem de ter muito cuidado, em saber por ordem e mão nisto enquanto é tempo, para que clubes como o Tondela ou do mesmo nível sejam tratados de igual forma relativamente a outros", acrescentou.

Gilberto Coimbra aludiu ainda ao facto de ter sido nomeado um árbitro da Associação de Futebol de Coimbra para a partida de Braga.

"Neste caso não culpo diretamente o senhor árbitro Tiago Antunes, porque competia ao Conselho de Arbitragem saber que árbitro iria nomear para o jogo do Tondela, tendo em conta a própria classificação", evidenciou.

O presidente dos 'auriverdes' mostrou-se "arrependidíssimo" de não ter falado sobre esta nomeação antes da partida.

"Eventualmente não estaria aqui a discutir as falhas se o árbitro fosse de Braga, Viana ou Algarve. O que é certo é que é de Coimbra e se foi por falha ou não, só ele saberá", concluiu.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.