sicnot

Perfil

Desporto

Totti dá triunfo à Roma, Juventus fica a uma vitória do título

O veterano Francesco Totti bisou esta quarta-feira no triunfo da Roma sobre o Torino, por 3-2, na 34ª jornada da Liga italiana de futebol, na qual a Juventus ficou a três pontos de conquistar o título.

© Giampiero Sposito / Reuters

O histórico capitão da formação romana entrou aos 86 minutos para marcar o 2-2 aos 87 e o 3-2 aos 89, este de penálti, três dias depois de ter marcado o golo do empate em casa da Atalanta (3-3), também nos minutos finais.

O Torino chegou a estar a vencer por duas vezes, por 1-0 e 2-1, mas graças a Totti a equipa romana deu a volta ao resultado e consolidou o terceiro lugar com 68 pontos, menos cinco do que o segundo, o Nápoles, e menos 14 do que a Juventus, que lidera.

A 'vecchia signora' não sentiu dificuldades em impor-se em Turim à Lazio por 3-0, com um golo do ponta de lança croata Mario Mandzukic aos 39 minutos e dois do avançado argentino Paulo Dybala, aos 52 e 64.

Com este triunfo, a Juventus, que tem vantagem no confronto direto com o Nápoles, ficou a três pontos de conquistar o quinto título consecutivo.

De destacar ainda o triunfo por 2-1 da Udinese, pela qual alinhou durante 78 minutos o internacional sub-21 português Bruno Fernandes, sobre a Fiorentina, orientada pelo treinador luso Paulo Sousa, que não consegue reverter a série de maus resultados e se mantém em quinto lugar, com 59 pontos.

O Inter, quarto classificado com 61 pontos, perdeu em casa do Génova, por 1-0, graças a um golo defesa francês Sebastian De Maio, aos 77 minutos.

Nos restantes jogos de hoje da 34ª jornada, o Sassuolo cedeu um nulo caseiro frente à Sampdoria, o Chievo goleou o Frosinone por 5-1, o Empoli fez valer o fator casa na vitória por 1-0 perante o lanterna-vermelha Verona e o Palermo e a Atalanta empataram a dois golos.

Lusa

  • Passos começou a fazer oposição

    Bernardo Ferrão

    É inegável a habilidade política de António Costa mas no caso da TSU e do acordo de Concertação Social só cai quem quer. A verdade dos factos é que o primeiro-ministro fechou um acordo sabendo que não o podia cumprir. E agora tenta desviar-nos o olhar para o PSD, como se fosse ele o culpado, quando o problema está na geringonça. Antes de atacar Passos, Costa devia resolver os problemas em casa com o PCP e BE.

    Bernardo Ferrão

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.