sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Santos com poucas dúvidas nos convocados para o Euro2016

O selecionador português, Fernando Santos, afirmou esta quinta-feira que já não tem muitas dúvidas nos 23 futebolistas que vai convocar para a fase final do Euro2016 e considerou que será um "erro tremendo" pensar em facilidades no Grupo F.

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Em França, Portugal vai defrontar a Islândia, Hungria e Áustria, adversários com pouca experiência em fase finais de grandes competições, sobretudo os islandeses, que vão viver a sua estreia em Europeus.

"Será um erro tremendo pensar que é um grupo fácil. A Islândia cresceu muito e deixou de fora a Holanda. A Áustria evoluiu muito e tem jogadores que boa qualidade. A Hungria tem um enorme espirito de luta. Se pensarmos que vamos ter facilidades, então vamos ter dissabores de certeza. É grupo difícil, mas Portugal tem condições para passar", afirmou Fernando Santos.

Em entrevista à SportTV, o selecionador nacional confessou que recebeu "com tristeza" a notícia das lesões de Fábio Coentrão e Danny, dois jogadores "que queriam ir muito ao Campeonato da Europa", e revelou que tem praticamente decidido a lista final dos 23 convocados.

"Já me restam poucas dúvidas. Há a questão do João Moutinho e do Tiago, que recuperam de lesão, mas Portugal tem soluções", referiu.

Fernando Santos enalteceu mesmo a importância do médio do Atlético Madrid na equipa, um jogador que é "fantástico estrategicamente e na leitura de jogo", e também apontou o nome de Raphael Guerreiro, lateral do Lorient, como a maior surpresa.

"Desde que sou selecionador, todos os jogadores me surpreenderam pela positiva. Todos mostraram uma grande vontade e uma grande entrega. Se calhar, por ser aquele que era mais desconhecido para mim, o Raphael Guerreiro foi o que me surpreendeu mais e logo no primeiro treino que fez", disse.

Questionado sobre a lesão de Cristiano Ronaldo, que na quarta-feira saiu 'tocado' do encontro com o Villarreal, o técnico de 61 anos avançou que o avançado do Real Madrid está a fazer exames.

"Tive o cuidado de me inteirar da condição do Ronaldo. As informações que tenho é que a probabilidade de ser uma coisa muito grave é curta, felizmente", explicou.

Fernando Santos voltou a referir que Portugal tem o objetivo de conquistar o Euro2016, embora integre o lote das seleções favoritas.

"Alemanha, Espanha e França são, para mim, os favoritos. Depois há quatro, cinco, seis equipas que têm ambições legítimas de querer vencer o Europeu e Portugal está nesse grupo", reafirmou.

O selecionador nacional anuncia a lista dos 23 convocados a 17 de maio e no dia 23 terá inicio o estágio de preparação para a fase final do Euro2016, que vai decorrer de 10 de junho a 10 de julho, em França.

Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.