sicnot

Perfil

Desporto

Jamie Vardy aceita acusação mas quer ser ouvido pela federação inglesa

O futebolista Jamie Vardy, avançado do Leicester City e um dos melhores marcadores da Liga inglesa, aceitou a acusação de conduta imprópria imposta pela federação inglesa (FA), mas pediu para ver ouvido pelo organismo.

© Reuters Staff / Reuters

O internacional inglês foi expulso, com um duplo amarelo, na última jornada da Premier League por alegadamente ter simulado uma grande penalidade, no empate caseiro com o West Ham (2-2), e poderá falhar os próximos jogos dos 'foxes', sendo já certa a sua ausência no domingo frente ao Swansea City.

A FA decidiu acusar o avançado de 29 anos de conduta imprópria devido à reação que teve junto do árbitro da partida, depois de ter visto o cartão vermelho.

"Jamie Vardy aceita decisão da FA, mas, ao mesmo momento, requisitou uma audiência para poder pessoalmente explicar a situação", lê-se numa nota publicada no site oficial do Leicester City.

Os 'foxes' lideram o campeonato inglês com cinco pontos de vantagem sobre o Tottenham, segundo classificado, quando faltam quatro jornadas para disputar. Vardy é segundo melhor marcador da prova com 22 golos, em igualdade com o argentino Aguero (Manchester City) e com menos dois que o seu compatriota Harry Kane (Tottenham).

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51