sicnot

Perfil

Desporto

Leitura da sentença do caso Cardinal adiada para 27 de maio

A leitura da sentença do caso Cardinal, que envolve o antigo vice-presidente do Sporting Paulo Pereira Cristóvão, foi adiada de 22 de abril para 27 de maio, às 14:00, confirmou hoje fonte do tribunal.

LUSA

No âmbito do processo, Paulo Pereira Cristóvão é acusado de um crime de burla qualificada, outro de branqueamento de capitais, dois de peculato, mais um de devassa por meio informático, um de acesso ilegítimo e, por fim, um de denúncia caluniosa agravada.

Nas alegações finais, a 25 de janeiro, Paulo Farinha Alves, o advogado do antigo vice-presidente do Sporting, pediu a absolvição de todos os crimes.

Na parte do processo que dá nome ao caso e que se relaciona com um depósito de 2.000 euros na conta do árbitro assistente José Cardinal, para posteriormente o acusar de suborno, o advogado Paulo Farinha Alves entende que o seu cliente deve ser ilibado.

De acordo com a acusação, Paulo Pereira Cristóvão terá pedido ao seu colaborador Rui Martins para ir ao Funchal efetuar um depósito de 2.000 euros na conta de Cardinal, para posteriormente o acusar de ter sido subornado antes de um jogo entre o Sporting e o Marítimo.

Paulo Pereira Cristóvão é também acusado de ter criado uma lista com dados pessoais de árbitros, 33 dos quais reclamam o pagamento de indeminizações cíveis, por se sentirem intimidados com a divulgação da mesma.

O processo, que começou a ser julgado a 08 de abril de 2015, tem também como arguido Vítor Viegas, que é acusado de crimes de burla, branqueamento de capitais e devassa por meio informático,

Vítor Viegas é proprietário da empresa Businlog, contratada pelo Sporting para acompanhamento dos jogadores, que terá entretanto contratado dois colaboradores, a uma empresa à qual estava ligado Paulo Pereira Cristóvão.

O advogado de Vítor Viegas, João Castilho, considerou que o seu cliente, que passou de testemunha a arguido, deve ser absolvido de todos os crimes.

O procurador do Ministério Público encarregado do 'caso Cardinal', que está a ser julgado por um tribunal de júri, admitiu a aplicação de penas suspensas aos dois arguidos.

  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.