sicnot

Perfil

Desporto

Blatter não vai ao Rio de Janeiro para aos 100 anos de Havelange

O ex-presidente da FIFA Joseph Blatter não vai deslocar-se ao Rio de Janeiro para o aniversário do seu antecessor, o brasileiro João Havelange, que festeja 100 anos a 08 de maio, anunciou o suíço.

© Reuters Photographer / Reuter

"Não estarei no Rio para os 100 anos de João Havelange. Walter Gagg vai representar a FIFA", escreveu Blatter numa mensagem de correio eletrónico enviada à AFP.

Gagg, de 73 anos, antigo jogador suíço e atual diretor da FIFA, entrou na Federação Internacional de Futebol em 1982 e trabalhou durante bastante tempo com Havelange, que presidiu ao organismo entre 1974 e 1998, ano em que Blatter lhe sucedeu.

"Serei o único representante da FIFA", afirmou Gagg, acrescentando que terá "a missão do presidente Gianni Infantino de estar nas festividades do antigo presidente João Havelange".

"O presidente Infantino e os outros membros estarão na mesma altura no México para o congresso da FIFA", sublinhou Gagg, também num e-mail enviado à AFP.

O 66.º congresso da FIFA, antecedido de uma reunião do Comité Executivo, realiza-se a 12 e 13 de maio.

Antigo nadador olímpico, João Havelange foi envolvido no escândalo ligado à falência da sociedade de marketing ISL, que habitualmente negociava os direitos de televisão das competições da FIFA. A investigação mostrou que Havelange recebeu milhões de dólares em comissões, tal como o seu genro, Ricardo Teixeira, antigo presidente da Confederação Brasileira de Futebol.

Teixeira é atualmente perseguido pela justiça americana, no âmbito do escândalo de corrupção que visa antigos responsáveis do futebol internacional.

Lusa

  • Uruguai apurado depois de vencer a Arábia Saudita (1-0)

    Mundial 2018 / Uruguai

    O Uruguai venceu a Arábia Saudita por 1-0 numa partida da 2ª jornada do grupo A do Mundial da Rússia. Luis Suárez inaugurou o marcador aos 23 minutos na sequência de um canto em que o guarda-redes saudita, que participa pela primeira vez em campeonatos do mundo, falhou a bola. Nos minutos seguintes a Arábia Saudita tentou responder com remates perigosos à baliza de Fernando Muslera, mas sem conseguir marcar. O saudita Taisir Al-Jassim também saiu lesionado deste jogo, depois de um choque com Guillermo Varela que o impediu de continuar a partida. O resultado vem resolver as contas do grupo A ao apurar a Rússia e o Uruguai para os oitavos de final.

  • A barba de Cristiano Ronaldo é para manter
    0:50