sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa é único português no Estoril Open após eliminação de Gastão Elias

O tenista luso Gastão Elias foi hoje eliminado na segunda ronda do Estoril Open, ao ser derrotado frente ao francês Paul-Henri Mathieu (6-3, 6-4), ficando João Sousa, que ainda não jogou, como único português em prova.

MADE NAGI

Frente ao número 59.º do ranking mundial, Gastão Elias admitiu que a qualidade do adversário fez a diferença e revelou não ter dado o seu melhor ténis.

"Comecei um pouco tenso. Ele do início ao fim esteve muito consistente e não me deu oportunidades. Basicamente, ele jogou muito bem e eu não joguei o meu melhor", lamentou.

No primeiro encontro do dia, o britânico Kyle Edmund confirmou o favoritismo ao derrotar o espanhol Daniel Gimeno-Traver (6-3 e 7-7), ao fim de uma hora e 30 minutos.

O espanhol Inigo Cervantes, número 57.º da hierarquia mundial, levou a melhor sobre o compatriota Daniel Munoz de La Nava, com uma vitória fácil pelos parciais 6-4, 6-1.

Já o canadiano Steven Diez, proveniente da fase de qualificação, não apresentou argumentos para derrotar o nipónico Taro Daniel, perdendo por 7-5, 6-1, após uma hora e 34 minutos de jogo.

Na partida que opôs Benjamin Becker e Rogério Dutra Silva, o brasileiro não teve dificuldades em impor-se frente ao germânico, triunfando pelos parciais 6-4, 6-1.

O espanhol Guilhermo Garcia-Lopez, quinto cabeça de série e semifinalista na última edição do torneio luso, apenas tremeu um pouco no segundo set frente ao alemão Michael Berrer, levando a melhor pelos parciais 6-3, 7-6, no encontro mais longo do dia.

Com entrada no quadro principal, depois de ultrapassar a fase de qualificação, o sueco Elias Ymer, de 20 anos, deu luta a Paolo Lorenzi, mas não foi capaz de contrariar a experiência do italiano, que venceu por 7-6, 6-3.

Em pares, a dupla portuguesa Frederico Gil e Felipe Cunha Silva até ganhou o segundo set, mas os norte-americanos Eric Butorac e Scott Lipsky acabaram por triunfar no super tie-break, vencendo por 6-4, 7-6, 10-6.

No outro embate de pares masculinos, o tenista luso Frederico Silva, que fez dupla com o britânico Kyle Edmund, venceu os suecos Johan Brunstrom e Andreas Siljestrom, ao fim de uma hora e 34 minutos, por 6-5, 6-3, 10-6.

Os croatas Borna Coric e Franko Skugor apresentaram-se mais fortes e venceram (7-5, 6-4, 10-8) a dupla composta por Roberto Maytin e Miguel Angel Reyes-Varela, numa partida muito equilibrada e disputada ponto a ponto.

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.