sicnot

Perfil

Desporto

Rosa Mota transporta tocha olímpica entre Maratona e Atenas

A antiga atleta portuguesa Rosa Mota, medalha de ouro da maratona em Seul1988, transportou hoje a tocha olímpica dos Jogos Rio2016 durante parte do percurso entre as cidades gregas de Maratona e Atenas.

A tocha olímpica foi acesa na quinta-feira, na antiga cidade de Olímpia, e chegou hoje à capital grega, onde Rosa Mota venceu a sua primeira maratona, precisamente, na prova que marcava a estreia na distância, nos Europeus de 1982.

"Este local é especial, teve um grande impacto na minha vida e fez de mim a pessoa que sou hoje. Regressar aqui para transportar a tocha olímpica fez-me reviver muitas memórias felizes", disse Rosa Mota, em comunicado divulgado pelo Comité Olímpico de Portugal (COP), da qual é vice-presidente.

Da Grécia, a tocha segue para a sede do Comité Olímpico Internacional (COI), em Lausana (Suíça), estando marcada para 03 de maio a chegada ao Brasil, onde percorrerá 328 cidades de todos os estados até chegar ao Rio de Janeiro.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.