sicnot

Perfil

Desporto

Três responsáveis do Dínamo Zagreb acusados de delitos fiscais

O Ministério Público croata acusou hoje de delitos fiscais três responsáveis do Dinamo Zagreb, entre os quais Zoran Mamic, o atual treinador da equipa, na qual alinham três futebolistas portugueses.

Zoran Mamic, o atual treinador da equipa, está entre os três acusados pelo Ministério Público croata por delitos fiscais

Zoran Mamic, o atual treinador da equipa, está entre os três acusados pelo Ministério Público croata por delitos fiscais

© Antonio Bronic / Reuters

Além de Zoran Mamic, foram acusados Zdravko Mamic, seu irmão e antigo presidente do clube, Damir Vrbanovic, antigo diretor da formação de Zagreb e atual diretor executivo da Federação Croata de Futebol, e um funcionário das finanças.

Segundo a acusação, hoje divulgada, os quatro homens lesaram o clube em 15 milhões de euros, cometeram uma evasão fiscal no valor de 1,6 milhões.

Zdravko Mamic demitiu-se em fevereiro da presidência do Dinamo Zagreb e encontra-se em liberdade condicional depois de ter pagado duas fianças milionárias, relativas a investigações anteriores.

O ministério público acusa Zdravko Mamic de se ter apropriado ilegalmente de sete milhões de euros do clube, enquanto o seu irmão é suspeito de ter desviado uma verba de cinco milhões.

Os acusados são responsabilizados, entre outras, de transferências ilegais de dinheiro para paraísos fiscais, relacionadas com as vendas dos futebolistas Luka Modric, para o Tottenham, em 2008, e de Mateo Kovacic, para o Inter Milão em 2013.

No Dínamo Zagreb, que lidera a liga croata de futebol, alinham três jogadores portugueses: o guarda-redes Eduardo, o defesa Gonçalo e o médio Paulo Machado.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.