sicnot

Perfil

Desporto

Três responsáveis do Dínamo Zagreb acusados de delitos fiscais

O Ministério Público croata acusou hoje de delitos fiscais três responsáveis do Dinamo Zagreb, entre os quais Zoran Mamic, o atual treinador da equipa, na qual alinham três futebolistas portugueses.

Zoran Mamic, o atual treinador da equipa, está entre os três acusados pelo Ministério Público croata por delitos fiscais

Zoran Mamic, o atual treinador da equipa, está entre os três acusados pelo Ministério Público croata por delitos fiscais

© Antonio Bronic / Reuters

Além de Zoran Mamic, foram acusados Zdravko Mamic, seu irmão e antigo presidente do clube, Damir Vrbanovic, antigo diretor da formação de Zagreb e atual diretor executivo da Federação Croata de Futebol, e um funcionário das finanças.

Segundo a acusação, hoje divulgada, os quatro homens lesaram o clube em 15 milhões de euros, cometeram uma evasão fiscal no valor de 1,6 milhões.

Zdravko Mamic demitiu-se em fevereiro da presidência do Dinamo Zagreb e encontra-se em liberdade condicional depois de ter pagado duas fianças milionárias, relativas a investigações anteriores.

O ministério público acusa Zdravko Mamic de se ter apropriado ilegalmente de sete milhões de euros do clube, enquanto o seu irmão é suspeito de ter desviado uma verba de cinco milhões.

Os acusados são responsabilizados, entre outras, de transferências ilegais de dinheiro para paraísos fiscais, relacionadas com as vendas dos futebolistas Luka Modric, para o Tottenham, em 2008, e de Mateo Kovacic, para o Inter Milão em 2013.

No Dínamo Zagreb, que lidera a liga croata de futebol, alinham três jogadores portugueses: o guarda-redes Eduardo, o defesa Gonçalo e o médio Paulo Machado.

Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".