sicnot

Perfil

Desporto

PAOK punido após falta de comparência nas meias finais da Taça da Grécia

O PAOK Salónica foi hoje punido com menos três pontos na próxima temporada da Liga grega de futebol e uma multa de 10 mil euros por falta de comparência quarta-feira na segunda mão das meias finais da Taça da Grécia.

© Alexandros Avramidis / Reuter

No início de março, quando o Olympicos vencia por 2-1 no terreno do PAOK, em jogo da primeira mão das meias-finais, o relvado foi invadido por adeptos da equipa da casa e das bancadas foram lançadas dezenas de tochas e bombas de fumo, levando o árbitro Andreas Pappas a interromper a partida, ao minuto 89.

O treinador português Marco Silva foi, inclusivamente, atingido nas costas por uma garrafa.

Na sequência dos acontecimentos, a equipa de Salónica foi punida com derrota por 3-0 e ameaçou não jogar a segunda mão caso a partida não fosse repetida e arbitrada por um estrangeiro, acabando por concretizar a ameaça.

O governo grego chegou cancelar a Taça da Grécia, mas recuou por pressão da FIFA e da UEFA, que ameaçaram banir as equipas e a seleção de futebol da Grécia das competições internacionais.

A falta de comparência do PAOK Salónica assegurou ao Olympiacos um resultado de 3-0 no jogo da segunda mão, bem como a presença automática na final da Taça da Grécia de futebol, a 07 de maio em Atenas, contra o AEK. O jogo será presenciado apenas por estudantes convidados.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38