sicnot

Perfil

Desporto

Layún entra nos convocados do FC Porto para a receção ao Sporting

O mexicano Miguel Layún recuperou da lesão que o afastou do jogo com a Académica e reentrou hoje na lista de convocados do FC Porto para a receção ao Sporting, da 32.ª jornada da I Liga de futebol.

ESTELA SILVA

De acordo com a nota informativa publicada no sítio dos dragões, e numa lista desta vez reduzida a 18 elementos, ficam de fora o avançado maliano Marega e o médio Francisco Ramos, do FC Porto B.

Os espanhóis Marcano (treino condicionado) e Bueno (em tratamento) continuaram a ser os únicos jogadores cujo nome consta do boletim clínico. O médio mexicano Omar Govea, do FC Porto B, integrou o treino, no Olival, tal como nos últimos dois dias.

O FC Porto, com o terceiro lugar na I Liga definido, recebe pelas 18:30 de sábado o Sporting, segundo classificado e na luta pelo título, a dois pontos do líder Benfica, em jogo que será arbitrado por Artur Soares Dias, da Associação do Porto.

Lista de 18 convocados:

- Guarda-redes: Helton e Casillas.

- Defesas: Maxi Pereira, Martins Indi, Chidozie, José Ángel e Miguel Layún.

- Médios: Rúben Neves, Sérgio Oliveira, Herrera, André André e Danilo.

- Avançados: Varela, Brahimi, Aboubakar, Corona, André Silva e Suk.

Lusa

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.