sicnot

Perfil

Desporto

Polícia paraguaia detém 267 adeptos do Boca Juniors

Um total de 267 pessoas, na maioria adeptos do Boca Juniors, foram detidas na quinta-feira na sequência dos incidentes ocorridos antes do jogo com o Cerro Porteño, dos oitavos de final da Taça Libertadores em futebol.

© Jorge Adorno / Reuters

Os detidos, quase todos de nacionalidade argentina, entre os quais os motoristas dos oito autocarros que transportavam os adeptos a Assunção, estão detidos na capital paraguaia, devendo ainda hoje a comparecer perante um juiz.

Os adeptos do Boca Juniors foram detidos na sequência de comportamentos violentos contra moradores nas proximidades do estádio Defensores del Chaco, onde se realizou o jogo da primeira mão dos oitavos de final da prova, que a equipa argentina venceu por 2-1.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.