sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa desce um lugar no "ranking" e fica em 35º

O tenista português João Sousa caiu um lugar no "ranking" mundial, surgindo hoje na 35.ª posição da hierarquia, liderada confortavelmente pelo sérvio Nova Djokovic.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Uma semana depois de ter entrado pela primeira vez no 'top-100', Gastão Elias voltou a 'promover-se' no 'ranking', figurando agora em 93.º lugar, uma posição acima relativamente à segunda-feira passada.

Frederico Silva, que fecha o 'pódio' português na classificação mundial, manteve a posição 249, enquanto Pedro Sousa desceu 13 lugares, para 381.º.

Os quatro melhores portugueses na classificação ATP foram todos eliminados à primeira no Estoril Open, que terminou domingo com a vitória do espanhol Nicolas Almagro, que deu um 'salto' de 23 lugares no 'ranking', reentrando hoje no 'top-50', em 48.º.

Na elite dos 10 melhores do mundo, a única 'mexida' foi protagonizada pelo canadiano Milos Raonic, que voltou a entrar no 'clube', sendo agora 10.º.

O francês Richard Gasquet, uma das grandes ausências no Estoril Open, saiu deste grupo, caindo para 12.º, já que perdeu os pontos conquistados com a vitória na edição de 2015 do torneio português.

Tal como sucede em masculinos, também o 'ranking' mundial feminino continua a ser liderado com larga vantagem pela norte-americana Serena Williams, enquanto a portuguesa Michelle Larcher de Brito continua a descer na lista mundial, ocupando hoje a posição 243, que representa uma queda de sete lugares.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00

    Reportagem Especial

    Todos os anos, o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos incêndios. A reportagem especial da SIC denuncia falta de rigor e clareza em muitos dos negócios.

  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.