sicnot

Perfil

Desporto

Infantino pede à UEFA para canalizar subsídio da FIFA aos países mais pobres

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, pediu hoje à UEFA que canalize para os países mais carenciados os cinco milhões de dólares (cerca de 4,3 milhões de euros) anuais que recebe do organismo mundial.

Schalk van Zuydam

No Congresso da UEFA, que começou hoje em Budapeste, Infantino, antigo secretário-geral do organismo europeu, lembrou que a Liga dos Campeões e o Europeu, cuja edição deste ano decorrerá em França, permitem ao organismo abdicar da verba anual.

"Se não precisam dessa verba, ofereçam-na a outras federações, a outro países mais pobres. Com pouco, podemos alcançar muito", desafiou Infantino.

O dirigente lembrou que a UEFA tem encaixes superiores com a 'Champions' e o Europeu que a FIFA com o Mundial, que permite ao seu organismo rendimentos na ordem dos cinco mil milhões de dólares (cerca de 4,3 mil milhões de euros).

Eleito em fevereiro, Infantino, que sucedeu a Joseph Blatter, lembrou que o seu executivo tem dado prioridade à "solidariedade, inclusão e diversidade".

Lusa

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.