sicnot

Perfil

Desporto

Título do Leicester "é inacreditável", diz Vardy

O avançado James Vardy, melhor marcador do Leicester, afirmou que o título de campeão inglês de futebol conquistado esta segunda-feira "é inacreditável" e o maior feito da história do clube. Vários jogadores juntaram-se em casa de Vardy para assistir ao empate do Tottenham com o Chelsea. O momento foi registado em vídeo e correu mundo via Twitter (veja o vídeo mais abaixo nesta página).

Vários jogadores juntaram-se em casa de Vardy para assistir ao empate do Tottenham com o Chelsea. O momento foi registado em vídeo e correu mundo via Twitter

Vários jogadores juntaram-se em casa de Vardy para assistir ao empate do Tottenham com o Chelsea. O momento foi registado em vídeo e correu mundo via Twitter

"Nunca me aconteceu coisa igual. Lutámos para nos mantermos no ano passado e no sábado vamos erguer o troféu. Isto dá uma ideia do trabalho realizado esta época por cada jogador. É o maior feito da história deste grande clube e nós temos o privilégio de fazer parte dele", afirmou Vardy.

Autor de 22 golos e terceiro melhor marcador no campeonato, o avnaçado recebeu em sua casa vários compenheiros de equipa para assistir ao jogo entre o Chelsa e o Tottenham, cujo empate 2-2 assegurou o primeiro título de campeão ao Leicester: "É ainda mais especial ter alcançado este feito com todos estes tipos", acrescentou Vardy.

O capitão do Leicester, Wes Morgan, afirmou que conquista da I Liga inglesa de futebol foi o "sentimento mais forte" que viveu na carreira, enquanto o colega Andy King confessou "não ter palavras" para exprimir o que sentia.

"Toda a gente trabalhou no duro para isto. Ninguém acreditava que pudéssemos ser campeões e somo-lo com todo o mérito. Nunca vivi um estado de espírito como este no seio da equipa, somos como irmãos. Sábado nunca mais chega, estou ansioso por ter o troféu nas mãos", disse Wes Morgan.

O seu colega Andy King descreveu a sensação como "incrível" e agradeceu aos treinadores, aos jogadores e aos adeptos por terem tornado realidade esta "viagem inesquecível" que terminou com um título "inteiramente merecido" pela "regularidade, determinação e concentração de toda a equipa perante adversários tão fortes, em particular o Tottenham".

Gary Lineker, antigo jogador do Leicester e antigo internacional inglês, exultou com aquilo a que chamou de "maior choque desportivo" da sua vida. "Foi muito emotivo, era difícil respeirar", acrescentou.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, também endereçou "muitos parabéns ao Leicester" pelo "extraordinário, totalmente merecido, título da 'Premier League'.

Pouco tempo depois de ter celebrado o seu segundo título de campeão do mundo de snooker, Mark Selby, natual de Leicester, afirmou que "serem campeões da 'Premier League' é um feito fantástico". "Quero diz bom trabalho a Claudio [Ranieri] e aos rapazes".

Veja o momento em que os jogadores do Leicester festejam o título

Com Lusa

  • Adeptos do Leicester celebram título inédito
    1:33

    Desporto

    O Leicester tornou-se campeão de Inglaterra, um feito inédito nos 132 anos de história do clube. A equipa não entrou hoje em campo e o empate com o Manchester United adiou a decisão para esta segunda-feira. Os adeptos sofreram a assistir ao jogo entre o Tottenham e o Chelsea mas no final o empate entre estas duas equipas permitiu fazer a festa do título inglês.

  • Leicester, o improvável (e eufórico) campeão inglês
    2:55

    Desporto

    O feito histórico em Inglaterra aconteceu e o Leicester City sagrou-se campeão de futebol pela primeira vez . Apesar dos festejos oficiais estarem guardados para o fim do campeonato, milhares de adeptos saíram à rua numa celebração espontânea que entupiu a cidade de Leicester. A reportagem é dos enviados da SIC, João Tiago e Rui do Ó.

  • Aviação russa matou mais de 11 mil pessoas na Síria

    Mundo

    Pelo menos 11.612 pessoas morreram na Síria em resultado dos bombardeamentos da aviação russa, aliada do Governo de Damasco, iniciados em 30 de setembro de 2015, de acordo com dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

  • Mais de 500 casos de sarampo na Europa este ano, avisa OMS

    Mundo

    Mais de 500 casos de sarampo foram reportados só este ano na Europa, afetando pelo menos sete países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em Portugal, a OMS reconheceu oficialmente a eliminação do vírus do sarampo no verão do ano passado.