sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Leicester não esperava ser campeão

O treinador italiano Claudio Ranieri, que conquistou a liga inglesa de futebol com o Leicester, conseguindo o primeiro título de campeão da sua carreira, disse hoje que não imaginava tal coisa no início da temporada.

© Reuters Staff / Reuters

"Não esperava isto quando cheguei", afirmou o técnico, de 64 anos, citado no sítio oficial do clube na internet. "Sou um homem pragmático, queria apenas ganhar jogo após jogo e ajudar os meus jogadores a progredir semana após semana. Nunca pensei muito até onde isso nos levaria", afirmou.

Depois do empate de domingo na visita ao Manchester United (1-1), o Leicester beneficiou na segunda-feira do empate do Tottenham no terreno do Chelsea (2-2) para celebrar o primeiro título de campeão inglês em 132 anos de história, mas Ranieri não assistiu, porque regressava de Itália de avião, aonde se deslocou para estar coma sua mãe.

"Estou muito orgulhoso. Estou contente pelos meus jogadores, pelo presidente, pelo 'staff', por todos os adeptos e pelo ambiente da cidade. É uma sensação incrível", acrescentou Ranieri, que levou o Leicester a tornar-se o 24.º clube a inscrever o seu nome no historial de vencedores.

A duas jornadas do fim, os 'foxes' somam 77 pontos, contra 70 do Tottenham, que deixou de ter hipóteses matemáticas de chegar ao título e que tem agora o Arsenal, terceiro classificado, a apenas três pontos. O Manchester City é quarto, com 64.

"Os jogadores foram fantásticos. A sua concentração, a sua determinação, o seu estado de espírito tornaram isto possível. Eles baterem-se uns pelos outros em todos os jogos e eu adoro ver isso entre os meus jogadores. Eles merecem ser campeões", concluiu.

A próxima ronda, a 37.ª e penúltima, realiza-se no próximo fim de semana, com grande festa marcada para o Estádio King Power, onde, no sábado, o Leicester recebe o Everton.

Lusa

  • Título do Leicester "é inacreditável", diz Vardy

    Desporto

    O avançado James Vardy, melhor marcador do Leicester, afirmou que o título de campeão inglês de futebol conquistado esta segunda-feira "é inacreditável" e o maior feito da história do clube. Vários jogadores juntaram-se em casa de Vardy para assistir ao empate do Tottenham com o Chelsea. O momento foi registado em vídeo e correu mundo via Twitter (veja o vídeo mais abaixo nesta página).

  • Leicester, o improvável (e eufórico) campeão inglês
    2:55

    Desporto

    O feito histórico em Inglaterra aconteceu e o Leicester City sagrou-se campeão de futebol pela primeira vez . Apesar dos festejos oficiais estarem guardados para o fim do campeonato, milhares de adeptos saíram à rua numa celebração espontânea que entupiu a cidade de Leicester. A reportagem é dos enviados da SIC, João Tiago e Rui do Ó.

  • Adeptos do Leicester celebram título inédito
    1:33

    Desporto

    O Leicester tornou-se campeão de Inglaterra, um feito inédito nos 132 anos de história do clube. A equipa não entrou hoje em campo e o empate com o Manchester United adiou a decisão para esta segunda-feira. Os adeptos sofreram a assistir ao jogo entre o Tottenham e o Chelsea mas no final o empate entre estas duas equipas permitiu fazer a festa do título inglês.

  • Rui Patrício confirmado no Wolverhampton

    Desporto

    O Wolverhampton anunciou esta segunda-feira a contratação do guarda-redes Rui Patrício, depois da rescisão com o Sporting. O guarda-redes da seleção nacional assinou contrato com o clube inglês por quatro épocas.

    SIC

  • Novo treinador do Sporting diz que mulheres não estão preparadas para falar de futebol
    1:23
  • Salto de Cristiano Ronaldo inspira dança afro-beat

    Desporto

    Uma música humorística afro-beat, publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França.

  • Ronaldo no País dos Sovietes: As religiões praticadas na Rússia
    1:55
  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.

  • Pai de Meghan Markle lamenta ser "nota de rodapé" no casamento real
    2:03
  • Quando as crianças fazem das suas... os pais é que pagam

    Mundo

    Quando as crianças fazem das suas, restam os pais para as castigar ou, em alguns casos, para sofrer as consequências desses atos. Quem o pode dizer é um casal norte-americano, que recebeu uma fatura de 132 mil dólares (cerca de 114 mil euros), depois de o filho ter derrubado uma estátua num centro comunitário.

    SIC