sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa nos oitavos de final do Masters 1000 de Madrid

O tenista português João Sousa avançou hoje pela primeira vez na sua carreira para os oitavos de final de um Masters 1000, ao derrotar o espanhol Marcel Granollers, por duplo 6-3, em Madrid.

MADE NAGI

O número um nacional e 35.º jogador mundial não teve dificuldades para afastar o 'lucky loser' espanhol, 53.º da hierarquia, que entrou diretamente para a segunda ronda no torneio de Madrid, após a desistência do suíço Roger Federer, número três do mundo, impondo-se em uma hora e 13 minutos.

Esta é a primeira vez que Sousa atinge os oitavos de final de um Masters 1000 e a terceira vez que chega à terceira ronda de um torneio desta categoria, depois de já o ter feito por duas vezes em Miami, onde o quadro é maior.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.

  • Jovem britânico em fuga é detido depois de responder à polícia no Facebook

    Mundo

    Através do Facebook, a polícia de West Yorkshire mostrou-se preocupada perante o desaparecimento de um jovem de 21 anos e pediu por informações que pudessem leva-los a descobrir Leon Smith. Contudo, o que não deveriam estar à espera, era que o próprio desaparecido respondesse na rede social e que desafiasse a polícia a "fazer o seu trabalho". As autoridades acabaram por localizar o jovem no mesmo dia.

    SIC