sicnot

Perfil

Desporto

Sporting lamenta morte de Paulo Paraty, "uma referência da arbitragem portuguesa"

O Sporting lamentou hoje, em comunicado, a morte de Paulo Paraty, vítima de doença prolongada, considerando que partiu "uma referência da arbitragem portuguesa".

"O Sporting Clube de Portugal manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento de Paulo Paraty, uma referência da arbitragem portuguesa", lê-se numa nota no site dos 'leões'.

Paulo Paraty, que morreu hoje no Porto, aos 53 anos, foi árbitro de futebol durante 27 anos, chegando a ostentar as insígnias de internacional da FIFA.

Joaquim Paulo Gomes Paraty da Silva, portuense, iniciou a sua atividade na arbitragem em 1981/82, sendo promovido à 1.ª categoria 10 épocas depois (1991/92) e estreando-se no escalão principal para dirigir o Famalicão-Feirense, que a equipa da casa venceu por 1-0.

Ao todo, foram 17 épocas e 218 jogos arbitrados na primeira divisão, aos quais juntou 20 na Taça de Portugal, 40 no escalão secundário, dois na fase de qualificação do Europeu, um na mesma fase de um campeonato do Mundo e outro na Liga dos Campeões.

No seu currículo consta ainda a presença na final da Taça de Portugal de 96/97, em que o Boavista venceu o Benfica, por 3-2.

Engenheiro eletrónico de formação, Paulo Paraty foi, tal como o seu pai, nomeado sócio de mérito da Federação Portuguesa de Futebol em junho de 2015, passou pela televisão como comentador desportivo e chegou a ensaiar uma candidatura à Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), em 2012.

Lusa

  • Chuva, vento forte, granizo e neve em 13 distritos
    1:42
  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.