sicnot

Perfil

Desporto

Ederson do Benfica convocado para a Copa América

O guarda-redes brasileiro do Benfica Ederson está entre os 23 convocados do Brasil para a Copa América, anunciou hoje a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Ederson, habitual titular na seleção olímpica do Brasil, foi promovido à seleção principal, numa escolha em que o técnico Dunga deixou de fora o avançado Jonas, também do Benfica, que tinha integrado a ultima convocatória.

O guarda-redes do Benfica, de 22 anos, assumiu a titularidade na baliza encarnada no dérbi com o Sporting (vitória das águias por 1-0), no Estádio José Alvalade, em Lisboa, por lesão do compatriota Júlio César, que foi titular do Brasil no Mundial2014.

A Copa América vai ser disputada entre 3 e 26 de junho, nos Estados Unidos.

Ederson é o único jogador da I Liga a ser chamado por Dunga, que, desta vez, optou por deixar de fora o melhor marcador do campeonato, o avançado Jonas, depois de ter contado com ele nos jogos disputados em março.

A bota de ouro, troféu que distingue o melhor marcador na Europa, foi até há pouco tempo liderada por Jonas, que ocupa agora o segundo lugar, com os mesmos 31 golos de Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e a quatro de Luís Suárez (FC Barcelona), com 35.

Nos convocados para a Copa América, o técnico brasileiro chamou também Elias, ex-médio do Sporting e atualmente no Corinthians, e Casemiro (Real Madrid) e Hulk (Zenit), antigos jogadores do FC Porto.

Fora das opções ficaram Kaká, atualmente na Liga norte-americana, no Orlando City, ou Oscar, do Chelsea, bem como Lucas Moura (Paris Saint-Germain), Ganso (São Paulo), Danilo (Real Madrid) ou David Luiz (Paris Saint-Germain).

Da equipa canarinha já se sabia que o capitão Neymar, do FC Barcelona, não seria opção, tendo em conta que, após conversas com os catalães, o jogador apenas seria opção para os Jogos Olímpicos.

Na Copa América, troféu que o Brasil não conquista desde 2007 -- o campeão em título é o Chile -, a seleção canarinha integra o Grupo B, juntamente com o Peru, Haiti e Equador.

Lusa

  • "Quem faz isto sabe estudar os dias e o vento para arder o máximo possível"
    4:15
  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51

    País

    Mais de 500 mil hectares de área ardida, 42 vítimas mortais, 71 de feridos, dezenas de casas e empresas destruídas. É este o balanço de mais um fim de semana trágico para Portugal a nível de incêndios florestais.

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41

    País

    Desde janeiro, houve mais área ardida do que em qualquer outro ano na história registada de incêndios florestais. Segundo dados provisórios do Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais, mais de 519 mil hectares foram consumidos pelas chamas até 17 de outubro, o que representa quase 6% de toda a área de Portugal. 

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07

    País

    O concelho de Tondela é agora um mar de cinzas, imagens recolhidas pela SIC com um drone mostram bem a dimensão do que foi destruído pelos incêndios. Perto 100 habitações principais ou secundárias, barracões, oficinas e stands arderam. 

  • Moradores reuniram esforços para salvar idosos das chamas em Pardieiros
    2:50

    País

    O incêndio de domingo em Nelas fez uma vítima mortal: um homem de 50 anos, de Caldas da Felgueira, que regressava de uma aldeia vizinha, onde tinha ido ajudar a combater as chamas. Em Pardieiros, no concelho de Carregal do Sal, várias casas arderam e uma jovem sofreu queimaduras ao fugir do incêndio. Durante o incêndio, pessoas reuniram esforços para salvar a povoação.

  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • As lágrimas do primeiro-ministro do Canadá

    Mundo

    O primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau, emocionou-se esta quarta-feira ao falar de um artista que morreu depois de perder uma luta contra o cancro. Gord Downie, vocalista da banda de rock canadiana "The Tragically Hip", faleceu esta terça-feira, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.