sicnot

Perfil

Desporto

Huth e Fellaini suspensos por três jogos depois de se agredirem mutuamente

O defesa central alemão Robert Huth, do Leicester, e o médio belga Marouane Fellaini, do Manchester United, foram hoje suspensos por três jogos, depois das agressões mútuas na partida entre as duas equipas, no domingo.

Robert Huth, defesa central do Leicester

Robert Huth, defesa central do Leicester

© Reuters Staff / Reuters

A Federação inglesa (FA) anunciou hoje o castigo aos dois jogadores, que se agrediram mutuamente num lance sem bola, na sequência do qual o alemão é acusado de puxar os cabelos ao belga e este de replicar com uma cotovelada no queixo do adversário.

"Os dois jogadores reconheceram os factos, embora Huth tenha considerado claramente excessiva a pena", pode ler-se no comunicado da FA, cuja comissão independente rejeitou as alegações do alemão.

O treinador do Leicester, Claudio Ranieri, em conferência de imprensa ironizou sobre o lance: "É verdade que o Huth fez falta, mas o Fellaini tem uns cabelos longos e é impossível apanhá-los sem os puxar. A reação do Fellaini foi muito pior. Se reages assim cada vez que uma camisola é puxada, então terá de se expulsar todos os jogadores e só ficarão os treinadores em campo".

"Eu sempre disse que a reação de Fellaini era humana. Quando a FA suspende Huth, está a reconhecer, implicitamente, que ele cometeu penálti. Infelizmente para nós o árbitro não viu. Fellaini deve melhorar o seu autocontrolo, claro, mas quando puxam o cabelo como lhe fizeram, uma reação como a que ele teve pode acontecer", disse o treinador do Manchester United, o holandês Louis Van Gaal.

Huth vai ficar fora da partida de sábado frente ao Everton, na qual o Leicester festejará o seu primeiro título de campeão de Inglaterra, enquanto Fellaini estará suspenso para os três últimos jogos do Manchester United para o campeonato, mas já poderá jogar a final da Taça de Inglaterra, a 21 de maio, frente ao Crystal Palace.

Lusa

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • Norte também quer naturismo e praias de nudistas

    País

    O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal defendeu hoje a criação de praias naturistas legalizadas na região, fazendo a apologia da formação de associações e negando que este seja um destino conservador.