sicnot

Perfil

Desporto

Huth e Fellaini suspensos por três jogos depois de se agredirem mutuamente

O defesa central alemão Robert Huth, do Leicester, e o médio belga Marouane Fellaini, do Manchester United, foram hoje suspensos por três jogos, depois das agressões mútuas na partida entre as duas equipas, no domingo.

Robert Huth, defesa central do Leicester

Robert Huth, defesa central do Leicester

© Reuters Staff / Reuters

A Federação inglesa (FA) anunciou hoje o castigo aos dois jogadores, que se agrediram mutuamente num lance sem bola, na sequência do qual o alemão é acusado de puxar os cabelos ao belga e este de replicar com uma cotovelada no queixo do adversário.

"Os dois jogadores reconheceram os factos, embora Huth tenha considerado claramente excessiva a pena", pode ler-se no comunicado da FA, cuja comissão independente rejeitou as alegações do alemão.

O treinador do Leicester, Claudio Ranieri, em conferência de imprensa ironizou sobre o lance: "É verdade que o Huth fez falta, mas o Fellaini tem uns cabelos longos e é impossível apanhá-los sem os puxar. A reação do Fellaini foi muito pior. Se reages assim cada vez que uma camisola é puxada, então terá de se expulsar todos os jogadores e só ficarão os treinadores em campo".

"Eu sempre disse que a reação de Fellaini era humana. Quando a FA suspende Huth, está a reconhecer, implicitamente, que ele cometeu penálti. Infelizmente para nós o árbitro não viu. Fellaini deve melhorar o seu autocontrolo, claro, mas quando puxam o cabelo como lhe fizeram, uma reação como a que ele teve pode acontecer", disse o treinador do Manchester United, o holandês Louis Van Gaal.

Huth vai ficar fora da partida de sábado frente ao Everton, na qual o Leicester festejará o seu primeiro título de campeão de Inglaterra, enquanto Fellaini estará suspenso para os três últimos jogos do Manchester United para o campeonato, mas já poderá jogar a final da Taça de Inglaterra, a 21 de maio, frente ao Crystal Palace.

Lusa

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12

    País

    Rui Mergulhão Mendes, especialista em 'profiling' na Emotional Business Academy, em Lisboa, esteve na Edição da Noite desta quarta-feira para explicar como é que um especialista em linguagem pode ajudar um tribunal a dar um veredito.