sicnot

Perfil

Desporto

Belenenses quer construir novos edifícios junto ao Estádio do Restelo

O Belenenses submeteu um pedido de informação prévia (PIP) à Câmara de Lisboa, que estará em apreciação na quarta-feira, para construção de residências assistidas e outros novos equipamentos junto ao Estádio do Restelo.

ANT\303\223NIO COTRIM

De acordo com a proposta assinada pelo vereador do Urbanismo, Manuel Salgado, o PIP foi feito pelo clube de futebol em outubro de 2012, para uma "obra de construção e ampliação, que constitui o projeto de requalificação urbana da área envolvente ao Estádio do Restelo".

Os técnicos da Direção Municipal de Mobilidade e Transportes frisam, contudo, que a solução apresentada, em termos de tráfego, pode não ser "compatível com as características atuais da área urbana de Belém".

Isto porque, segundo o seu parecer datado de julho de 2015 a que a Lusa teve acesso, "os pressupostos que permitem reduzir o tráfego [...] e absorver a geração futura não estão assegurados na presente data", podendo originar "uma nova situação de congestionamento em períodos de ponta a médio prazo".

Em causa está uma "operação urbanística com a área de 119.041 metros quadrados, com frentes para a Avenida da Ilha da Madeira, Avenida do Restelo, Rua de Alcolena, Rua Pêro da Covilhã e Rua Rui Pereira, na freguesia de Belém", explica o autarca no documento que será apreciado em reunião camarária privada.

Manuel Salgado aponta que, atualmente, o complexo desportivo deste clube é constituído pelo Estádio do Restelo, o Complexo Olímpico de Piscinas, o Pavilhão Gimnodesportivo Acácio Rosa, os campos de treinos e o campo polidesportivo, numa área de 115.22 metros quadrados.

Os novos edifícios propostos estarão localizados a norte do complexo, sendo eles residências assistidas (os destinatários não estão especificados na documentação a que a Lusa teve acesso), uma clínica de alto rendimento, um pavilhão gimnodesportivo (com campos de ténis e de padel) e piscinas.

Projeta-se também uma área comercial paralela à bancada sul do estádio, bem como arranjos exteriores na envolvente da Capela de Santo Cristo, imóvel de interesse público.

Relativamente à circulação automóvel, o clube propõe a "reformulação viária no topo sul do Estádio, que abrange a Avenida do Restelo e a Avenida Ilha da Madeira, com anulação do troço da Avenida da Ilha da Madeira paralelo à Rua Gonçalves Zarco, permitindo a criação de uma área permeável, de modo a valorizar o enquadramento paisagístico no topo nascente".

"Esta intervenção pretende não só a redução da velocidade no eixo da Avenida da Ilha da Madeira, com a redução de tráfego", como "consolidar o atravessamento norte-sul da encosta através da Avenida Torre de Belém, para onde estão previstos dois microtúneis sob a linha férrea", adianta Manuel Salgado.

O posto de abastecimento de combustível existente também será relocalizado.

Em termos de parqueamento, propõem-se 163 lugares de estacionamento à superfície e 586 em cave, perfazendo um total de 749 novos lugares.

Para apreciar este PIP, foram ouvidas entidades como o Ministério da Defesa Nacional e a Direção-Geral de Património Cultural. Em ambos os casos, o parecer foi favorável, mas, no segundo, ficou condicionado à adaptação dos novos edifícios ao enquadramento paisagístico e à realização de sondagens arqueológicas.

Também os serviços municipais impuseram condições técnicas -- como a correção da informação urbanística dada ou a adaptação do projeto ao Plano de Acessibilidades da Cidade de Lisboa -- para o PIP ser aprovado.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.