sicnot

Perfil

Desporto

Benfica com lotação esgotada para último jogo do campeonato

O Benfica anunciou hoje lotação esgotada para o jogo da 34.ª e última jornada da I Liga de futebol, a disputar no fim de semana de 14 e 15 de maio, no qual os encarnados recebem o Nacional.

Segundo fonte do clube vitoriano, a bancada norte do recinto vimaranense, que comporta cerca de 5000 lugares (um pouco mais de 15 por cento da lotação total do estádio, 30.000 espetadores), será ocupada pelos adeptos do Benfica, sendo que a venda desses ingressos é responsabilidade do clube da Luz e não decorre no estádio D. Afonso Henriques. (Arquivo)

Segundo fonte do clube vitoriano, a bancada norte do recinto vimaranense, que comporta cerca de 5000 lugares (um pouco mais de 15 por cento da lotação total do estádio, 30.000 espetadores), será ocupada pelos adeptos do Benfica, sendo que a venda desses ingressos é responsabilidade do clube da Luz e não decorre no estádio D. Afonso Henriques. (Arquivo)

Massimo Pinca / AP

"O Benfica informa que já não há bilhetes para o jogo da 34.ª e última jornada da Liga, entre Benfica e Nacional da Madeira", refere a nota publicada pelo clube da luz na sua página oficial na internet.

A data do jogo ainda não está definida, tendo em conta os regulamentos da Liga de futebol (LPFP), em que os jogos com interferência direta ou indireta na classificação têm que se realizar no mesmo dia e à mesma hora.

Benfica e Sporting, separados por dois pontos, ainda lutam pelo título de campeão.

Na próxima jornada, a 33.ª, as águias até se podem sagrar campeãs, mas para isso é preciso que vençam na visita de domingo ao Marítimo (20:30) e o Sporting não vença ou empate em casa com o Vitória de Setúbal, no sábado (20:45).

Na última jornada, o Benfica recebe o Nacional, enquanto o Sporting visita o Sporting de Braga.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00

    Reportagem Especial

    Todos os anos, o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos incêndios. A reportagem especial da SIC denuncia falta de rigor e clareza em muitos dos negócios.

  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.