sicnot

Perfil

Desporto

Benfica com lotação esgotada para último jogo do campeonato

O Benfica anunciou hoje lotação esgotada para o jogo da 34.ª e última jornada da I Liga de futebol, a disputar no fim de semana de 14 e 15 de maio, no qual os encarnados recebem o Nacional.

Segundo fonte do clube vitoriano, a bancada norte do recinto vimaranense, que comporta cerca de 5000 lugares (um pouco mais de 15 por cento da lotação total do estádio, 30.000 espetadores), será ocupada pelos adeptos do Benfica, sendo que a venda desses ingressos é responsabilidade do clube da Luz e não decorre no estádio D. Afonso Henriques. (Arquivo)

Segundo fonte do clube vitoriano, a bancada norte do recinto vimaranense, que comporta cerca de 5000 lugares (um pouco mais de 15 por cento da lotação total do estádio, 30.000 espetadores), será ocupada pelos adeptos do Benfica, sendo que a venda desses ingressos é responsabilidade do clube da Luz e não decorre no estádio D. Afonso Henriques. (Arquivo)

Massimo Pinca / AP

"O Benfica informa que já não há bilhetes para o jogo da 34.ª e última jornada da Liga, entre Benfica e Nacional da Madeira", refere a nota publicada pelo clube da luz na sua página oficial na internet.

A data do jogo ainda não está definida, tendo em conta os regulamentos da Liga de futebol (LPFP), em que os jogos com interferência direta ou indireta na classificação têm que se realizar no mesmo dia e à mesma hora.

Benfica e Sporting, separados por dois pontos, ainda lutam pelo título de campeão.

Na próxima jornada, a 33.ª, as águias até se podem sagrar campeãs, mas para isso é preciso que vençam na visita de domingo ao Marítimo (20:30) e o Sporting não vença ou empate em casa com o Vitória de Setúbal, no sábado (20:45).

Na última jornada, o Benfica recebe o Nacional, enquanto o Sporting visita o Sporting de Braga.

Lusa

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívid como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.