sicnot

Perfil

Desporto

Benfica com lotação esgotada para último jogo do campeonato

O Benfica anunciou hoje lotação esgotada para o jogo da 34.ª e última jornada da I Liga de futebol, a disputar no fim de semana de 14 e 15 de maio, no qual os encarnados recebem o Nacional.

Segundo fonte do clube vitoriano, a bancada norte do recinto vimaranense, que comporta cerca de 5000 lugares (um pouco mais de 15 por cento da lotação total do estádio, 30.000 espetadores), será ocupada pelos adeptos do Benfica, sendo que a venda desses ingressos é responsabilidade do clube da Luz e não decorre no estádio D. Afonso Henriques. (Arquivo)

Segundo fonte do clube vitoriano, a bancada norte do recinto vimaranense, que comporta cerca de 5000 lugares (um pouco mais de 15 por cento da lotação total do estádio, 30.000 espetadores), será ocupada pelos adeptos do Benfica, sendo que a venda desses ingressos é responsabilidade do clube da Luz e não decorre no estádio D. Afonso Henriques. (Arquivo)

Massimo Pinca / AP

"O Benfica informa que já não há bilhetes para o jogo da 34.ª e última jornada da Liga, entre Benfica e Nacional da Madeira", refere a nota publicada pelo clube da luz na sua página oficial na internet.

A data do jogo ainda não está definida, tendo em conta os regulamentos da Liga de futebol (LPFP), em que os jogos com interferência direta ou indireta na classificação têm que se realizar no mesmo dia e à mesma hora.

Benfica e Sporting, separados por dois pontos, ainda lutam pelo título de campeão.

Na próxima jornada, a 33.ª, as águias até se podem sagrar campeãs, mas para isso é preciso que vençam na visita de domingo ao Marítimo (20:30) e o Sporting não vença ou empate em casa com o Vitória de Setúbal, no sábado (20:45).

Na última jornada, o Benfica recebe o Nacional, enquanto o Sporting visita o Sporting de Braga.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão