sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Monteiro com o terceiro melhor tempo na qualificação em Marraquexe

O piloto português Tiago Monteiro (Honda Civic) obteve hoje o terceiro melhor tempo na qualificação para a corrida principal da quarta prova do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC), que se realiza em Marraquexe (Marrocos).

(Arquivo)

(Arquivo)

PAULO DUARTE / AP

Tiago Monteiro gastou mais 119 milésimos do que o britânico Rob Huff, igualmente ao volante de um Honda Civic, que vai partir da 'pole position' na corrida de domingo no circuito Moulay el Hassan, depois de hoje ter sido o piloto mais rápido, com o tempo de 1.21,743 minutos.

Huff, que tinha conquistado a 'pole' de uma prova do WTCC pela última vez em 2012, encontrou forte oposição por parte do húngaro Norbert Michelisz, igualmente em Honda Civic, que foi o segundo mais veloz em Marraquexe.

"Podia ter ficado com a 'pole', mas estava muito confiante e arrisquei, talvez em demasia, e bloquei as rodas, o que me fez perder três décimos e, consequentemente, o primeiro lugar. Mas estar nos três melhores é fantástico na mesma", disse Tiago Monteiro.

Apesar de partir para a segunda corrida, a principal, do terceiro lugar da grelha, o português arrancará para a corrida inicial da oitava posição, devido à obrigatoriedade de inverter os 10 melhores resultados da qualificação, imposta pelos regulamentos da competição.

"Estar na 'pole' neste circuito era fundamental. É um circuito citadino, com poucos pontos de ultrapassagem. Vamos ver o que consigo fazer em ambas as corridas. Os arranques vão ter um papel fundamental. O objetivo é terminar nos lugares do pódio", observou.

O piloto português ocupa o segundo lugar do campeonato, após a realização de três provas, a 12 pontos do líder, o argentino José-María López (Citroën C-Elysée), campeão mundial nos últimos dois anos, que hoje não foi além do quarto melhor tempo, a 281 milésimos de Huff.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".