sicnot

Perfil

Desporto

Gianni Infantino decreta "absoluta tolerância zero" na FIFA

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, afirmou no domingo que a organização que gere o futebol mundial vai ter uma política de "tolerância zero" relativamente a desvios de dinheiro, após os escândalos de corrupção.

© Arnd Wiegmann / Reuters

"Temos um princípio de absoluta tolerância zero e se alguém acredita que pode fazer 'trapaças', que saia do futebol e o faça noutros sítios; os que cometeram atos criminosos e ganharam dinheiro ilegal com o futebol devem ser julgados criminalmente, e também pela FIFA, e devem, além disso, devolver o dinheiro", disse o dirigente ítalo-suíço.

Infantino, que participou numa mesa redonda no México no início das atividades do Congresso da FIFA, que vai ter lugar na sexta-feira na capital do país, reconheceu que a imagem da instituição se encontra danificada após os escândalos de corrupção.

"Se trabalharmos juntos, o futebol e a FIFA voltarão outra vez acima", afirmou.

Infantino mostrou-se ainda favorável à introdução de tecnologia a fim de ajudar os árbitros, desde que sob a condição de não interromperem o fluxo dos jogos.

"Devemos fazer experiências para ver se a tecnologia vai funcionar no futebol ou não. Talvez vejamos um pouco mais de ajuda aos árbitros no Mundial de 2018", acrescentou.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.