sicnot

Perfil

Desporto

Ministro dos Desportos da Indonésia quer contratar Mourinho

O ministro da Juventude e Desportos da Indonésia, Imam Nahrawi, revelou hoje estar em conversações que visam contratar o português José Mourinho para treinar a seleção de futebol daquele país asiático.

José Mourinho

José Mourinho

© Reuters Staff / Reuters

Citado pela agência de notícias Antara, Imam Nahrawi revelou ter já falado com o Presidente da Indonésia, Joko Widodo, e o líder do comité olímpico do país, Erick Thohir, embora admita que "não é um assunto fácil".

Segundo o ministro, um dos maiores entraves para a concretização do negócio poderá ser o salário de Mourinho, cuja fasquia está fixada nos 15 milhões de euros por ano.

Como plano B, Imam Nahrawi aponta para o holandês Guus Hiddink, que substituiu Mourinho no Chelsea quando o português foi demitido do clube londrino, em meados de dezembro do ano passado.

A Federação Indonésia de Futebol encontra-se suspensa pela FIFA por ingerências do Governo, um castigo que impede a seleção de participar nas fases de apuramento para o Mundial de 2018 e para a Taça Asiática de 2019.

Lusa

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC