sicnot

Perfil

Desporto

Patrick Ekeng sofria de problemas cardíacos graves

O médio camaronês Patrick Ekeng, que morreu subitamente durante um jogo do campeonato romeno pelo Dínamo de Bucareste, sofria de "problemas cardíacos graves", segundo revelam os primeiros resultados da autópsia conhecidos hoje.

STRINGER

Ekeng padecia de cardiomegalia (coração aumentado), resultante de uma hipertrofia do ventrículo esquerdo, apresentando várias anomalias coronárias, revelou o Instituto Médico-Legal de Bucareste em comunicado.

"Ele tinha problemas cardíacos graves", disse o médico legista Abdo Salem à agência romena Agerpres.

O futebolista de 26 anos, que cumpria a primeira época ao serviço do Dínamo, caiu em campo inanimado sete minutos depois de ter entrado, sem que tenha havido qualquer contacto físico com outro jogador, resultando infrutíferas todas as tentativas feitas para o reanimar.

Patrick Ekeng tinha passado os testes médicos a que foi sujeito em janeiro de 2016 no Instituto Nacional de Medicina Desportiva em Bucareste, que nada revelaram de anormal, segundo a diretora adjunta daquela instituição Simona Nanoveanu, em declarações ao sítio de informação 'Hot News'.

"Todos os exames a que se sujeitou foram bons e revelaram que o jogador estava apto a praticar um desporto de alto nível", afirmou.

O relatório final da autópsia será publicado depois dos resultados dos exames toxicológicos, que serão conhecidos dentro de duas semanas.

Entretanto, o Dínamo decidiu retirar do plantel a camisola com o número 14, que era envergada por Ekeng, e já prometeu que, em caso de vitória na final da Taça da Roménia, frente ao CRF Cluj, na próxima terça-feira, doará o troféu à família do malogrado futebolista.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.