sicnot

Perfil

Desporto

Patrick Ekeng sofria de problemas cardíacos graves

O médio camaronês Patrick Ekeng, que morreu subitamente durante um jogo do campeonato romeno pelo Dínamo de Bucareste, sofria de "problemas cardíacos graves", segundo revelam os primeiros resultados da autópsia conhecidos hoje.

STRINGER

Ekeng padecia de cardiomegalia (coração aumentado), resultante de uma hipertrofia do ventrículo esquerdo, apresentando várias anomalias coronárias, revelou o Instituto Médico-Legal de Bucareste em comunicado.

"Ele tinha problemas cardíacos graves", disse o médico legista Abdo Salem à agência romena Agerpres.

O futebolista de 26 anos, que cumpria a primeira época ao serviço do Dínamo, caiu em campo inanimado sete minutos depois de ter entrado, sem que tenha havido qualquer contacto físico com outro jogador, resultando infrutíferas todas as tentativas feitas para o reanimar.

Patrick Ekeng tinha passado os testes médicos a que foi sujeito em janeiro de 2016 no Instituto Nacional de Medicina Desportiva em Bucareste, que nada revelaram de anormal, segundo a diretora adjunta daquela instituição Simona Nanoveanu, em declarações ao sítio de informação 'Hot News'.

"Todos os exames a que se sujeitou foram bons e revelaram que o jogador estava apto a praticar um desporto de alto nível", afirmou.

O relatório final da autópsia será publicado depois dos resultados dos exames toxicológicos, que serão conhecidos dentro de duas semanas.

Entretanto, o Dínamo decidiu retirar do plantel a camisola com o número 14, que era envergada por Ekeng, e já prometeu que, em caso de vitória na final da Taça da Roménia, frente ao CRF Cluj, na próxima terça-feira, doará o troféu à família do malogrado futebolista.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.