sicnot

Perfil

Desporto

Falcao volta para o Mónaco depois de Chelsea abdicar da opção de compra

O futebolista internacional colombiano Falcao, antigo jogador do FC Porto, vai regressar ao Mónaco, depois de o Chelsea ter decidido não acionar a opção de compra do avançado.

© Reuters Staff / Reuters

"O Chelsea disse-me em fevereiro que não contava comigo, assim não continuarei. O Mónaco fez uma forte aposta em mim e querem ter algum retorno, querem-me na próxima época", disse o internacional colombiano.

Falcao, de 30 anos, estava cedido aos londrinos pelo Mónaco, clube orientado pelo português Leonardo Jardim, tendo alinhado em 12 jogos pelos blues e apontado um golo, numa época marcada por lesões.

O avançado já tinha sido emprestado na anterior época, também pelos monegascos, ao Manchester United, pelo qual marcou apenas quatro golos nos 29 jogos em que participou.

O jogador chegou ao Mónaco no final de maio de 2013, proveniente dos espanhóis do Atlético de Madrid e com o clube francês a pagar 63 milhões de euros pela sua contratação, num vínculo válido por cinco épocas.

Em janeiro de 2014, num jogo da Taça de França, Falcao sofreu uma rotura no ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo, esteve seis meses parado e falhou o Mundial2014 no Brasil.

Em declarações à Sky Sports, o avançado revelou também que esteve quase a deixar o Chelsea em janeiro, face ao interesse do River Plate, mas que os londrinos, o Mónaco e ele próprio, entenderam que seria melhor continuar na Europa.

"Mais tarde, em fevereiro, o Chelsea disse que não contava comigo para o futuro, ainda tentei regressar ao River Plate, mas era demasiado tarde", justificou.

No Atlético ee Madrid, nas épocas de 2011/12 (36 golos) e 2012/13 (34), notabilizou-se como um dos maiores goleadores da Europa, faceta que tinha mostrado também no FC Porto, em 2009/10 (34 golos) e 2010/11 (38).

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.