sicnot

Perfil

Desporto

Frank de Boer anuncia saída do Ajax após perder título na última jornada

O treinador Frank de Boer, antigo internacional holandês, anunciou hoje a demissão do Ajax, depois de o clube perder o título de campeão para o PSV Eindhoven, na última jornada da Liga holandesa de futebol.

© Charles Platiau / Reuters

No domingo, na 34.ª e última jornada, o Ajax, que liderava o campeonato, empatou fora com o despromovido De Graafschap (1-1), enquanto o PSV venceu também fora o PEC Zwolle (3-1), terminando a formação de Eindhoven com 84 pontos, mais dois que o rival.

"Depois de quatro títulos consecutivos, a época de 2014/15 tinha sido uma deceção e queríamos corrigir isso nesta temporada. Fizemos tudo, mas no final o que esperávamos e desejávamos não aconteceu", salientou o treinador.

A nota do ex-futebolista foi publicada na página oficial do clube, que também confirmou a saída de Frank de Boer, decidida numa reunião com a direção.

De Boer explicou que chegou o momento de fazer outra coisa, considerando ser o melhor para si e para o Ajax, e admitiu até que poderá ficar parado durante uma época: "é uma opção, mas vou esperar para ver o que acontece".

A última tarefa do antigo internacional no Ajax será a digressão de final da época na China.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.