sicnot

Perfil

Desporto

Proença justifica FC Porto-Boavista de manhã com aposta da Liga na Ásia

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, justificou hoje a marcação do FC Porto-Boavista para a manhã de sábado com a necessidade de internacionalizar o campeonato principal, em especial para o mercado asiático.

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Fernando Veludo / Lusa

Em declarações divulgadas no site oficial da LPFP, Pedro Proença observou que o organismo pretende com esta decisão facilitar a "entrada em destinos como a Ásia", pelo que, esta aposta, "exige esta adaptação em termos de horários", prometendo alargar a experiência a mais jogos durante a próxima época.

"Estamos certos que se trata de um caminho correto, no sentido da internacionalização da nossa Liga e na busca de novos mercados, de modo a acrescentar valor às nossas equipas, aos nossos jogadores, aos nossos treinadores e aos nossos árbitros",

O jogo entre o FC Porto e o Boavista, da 34.ª e última jornada da I Liga, está marcado para sábado, às 11:45 horas, e será o primeiro da história da competição a iniciar-se durante a manhã, mas o presidente do organismo quer ver mais jogos matinais, lembrando o sucesso da experiência na II Liga.

"É esse caminho que, olhando sempre para a nossa realidade específica, pretendemos trilhar. Vamos, na próxima época, apostar em mais transmissões televisivas e na diversificação dos horários dos nossos jogos", adiantou.

Para Pedro Proença aquele é o "caminho correto, no sentido da internacionalização" da Liga, assinalando que Inglaterra e Espanha, "duas das ligas europeias de referência (...) há muito que iniciaram esta aposta direcionada para os mercados asiáticos, com proveitos significativos".

O dérbi portuense será a partida oficial que começará mais cedo na história do Estádio do Dragão e o presidente da LPFP não escondeu que tem "muita expetativa" relativamente aos valores da assistência no estádio do FC Porto e da audiência televisiva.

"Estamos convictos de que em todos os aspetos, mesmo no plano desportivo e ao nível da performance dos jogadores em campo, a experiência que iremos realizar este sábado será positiva", considerou o presidente do organismo representativo dos clubes.

Pedro Proença elogiou "a colaboração dos clubes envolvidos nesta experiência", congratulando-se pelo facto de envolver "um dos três grandes" e por se trata de "um dérbi da cidade do Porto, que desperta sempre um interesse suplementar".

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.