sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Monteiro quer continuar no topo da classificação do WTCC

O português Tiago Monteiro (Honda) assumiu hoje a ambição de continuar nos primeiros lugares do campeonato do mundo de carros de turismo (WTCC), reconhecendo que a segunda posição atual dá sequência à evolução obtida no defeso.

(Arquivo)

(Arquivo)

PAULO DUARTE / AP

"[O segundo lugar] Esperado, sim, mas obviamente que é sempre difícil prever como é que um campeonato vai começar. Os testes mais produtivos desde o início do projeto, há três anos, deixaram-nos bastante confiantes que íamos ter uma evolução real no nosso desempenho", explicou Tiago Monteiro à agência Lusa, à margem da apresentação do canal televisivo Eurosport 2xtra.

No entanto, o piloto natural do Porto reconhece que a tradução dessa evolução em resultados depende do desempenho dos adversários, realçando a obtenção de capacidade para a "luta direta" com os Citroën.

Após quatro das 10 corridas, Tiago Monteiro ocupa o segundo lugar do Mundial de WTCC, com 124 pontos, menos 14 do que o argentino José Maria López (Citroën).

"Todos os pontos são importantes. Há muitos pontos por distribuir, mas todos têm de ser aproveitados. Nesta fase do campeonato, 14 pontos é muito bom, nunca estivemos tão bem a nível de campeonato, por isso temos de continuar nesta direção", frisou Monteiro, que tem como melhores resultados os quintos lugares na competição em 2010 e 2014.

Até ao momento, Tiago Monteiro registou poucas alterações na composição da grelha de partida para as duas corridas, com os resultados da qualificação invertidos até ao 10 lugar para formar a grelha da corrida de sábado, determinando diretamente a composição dos carros no arranque para a corrida de domingo.

"Continua a haver bastante agressividade de toda a gente, incluindo da minha parte, na primeira corrida, porque toda a gente quer, mesmo assim, marcar pontos. Apesar de ser mais importante acabar a primeira corrida para ter o carro em boas condições para a segunda, que será a mais importante, temos na mesma que arriscar muito na primeira, porque é preciso marcar pontos para se poder lutar pelo campeonato", rematou.

A Eurosport apresentou hoje um canal codificado dedicado ao desporto automobilizado e em particular a Fórmula 1, que terá como comentadores os pilotos Tiago Monteiro, António Félix da Costa e Filipe Albuquerque.

O Eurosport 2xtra vai transmitir os Grandes Prémios de Fórmula 1, a partir da etapa de Espanha, no domingo, naquele que é considerado pela estação como o primeiro passo para a localização da Eurosport em Portugal, em contraponto com a emissão globalizada existente até agora.

Lusa

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11