sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Monteiro quer continuar no topo da classificação do WTCC

O português Tiago Monteiro (Honda) assumiu hoje a ambição de continuar nos primeiros lugares do campeonato do mundo de carros de turismo (WTCC), reconhecendo que a segunda posição atual dá sequência à evolução obtida no defeso.

(Arquivo)

(Arquivo)

PAULO DUARTE / AP

"[O segundo lugar] Esperado, sim, mas obviamente que é sempre difícil prever como é que um campeonato vai começar. Os testes mais produtivos desde o início do projeto, há três anos, deixaram-nos bastante confiantes que íamos ter uma evolução real no nosso desempenho", explicou Tiago Monteiro à agência Lusa, à margem da apresentação do canal televisivo Eurosport 2xtra.

No entanto, o piloto natural do Porto reconhece que a tradução dessa evolução em resultados depende do desempenho dos adversários, realçando a obtenção de capacidade para a "luta direta" com os Citroën.

Após quatro das 10 corridas, Tiago Monteiro ocupa o segundo lugar do Mundial de WTCC, com 124 pontos, menos 14 do que o argentino José Maria López (Citroën).

"Todos os pontos são importantes. Há muitos pontos por distribuir, mas todos têm de ser aproveitados. Nesta fase do campeonato, 14 pontos é muito bom, nunca estivemos tão bem a nível de campeonato, por isso temos de continuar nesta direção", frisou Monteiro, que tem como melhores resultados os quintos lugares na competição em 2010 e 2014.

Até ao momento, Tiago Monteiro registou poucas alterações na composição da grelha de partida para as duas corridas, com os resultados da qualificação invertidos até ao 10 lugar para formar a grelha da corrida de sábado, determinando diretamente a composição dos carros no arranque para a corrida de domingo.

"Continua a haver bastante agressividade de toda a gente, incluindo da minha parte, na primeira corrida, porque toda a gente quer, mesmo assim, marcar pontos. Apesar de ser mais importante acabar a primeira corrida para ter o carro em boas condições para a segunda, que será a mais importante, temos na mesma que arriscar muito na primeira, porque é preciso marcar pontos para se poder lutar pelo campeonato", rematou.

A Eurosport apresentou hoje um canal codificado dedicado ao desporto automobilizado e em particular a Fórmula 1, que terá como comentadores os pilotos Tiago Monteiro, António Félix da Costa e Filipe Albuquerque.

O Eurosport 2xtra vai transmitir os Grandes Prémios de Fórmula 1, a partir da etapa de Espanha, no domingo, naquele que é considerado pela estação como o primeiro passo para a localização da Eurosport em Portugal, em contraponto com a emissão globalizada existente até agora.

Lusa

  • As imagens do granizo que caiu no Algarve
    0:47

    País

    Faro acordou hoje com uma intensa queda de granizo. Pedras de gelo, com cerca de meio centímetro de diâmetro, em especial entre as 06:30 e as 07:00 da manhã. Segundo o IPMA tratou-se de "uma linha de instabilidade" que foi subindo a norte, para os distritos de Beja e Setúbal, mas com menos intensidade" e que provocaram inundações pontuais na via publica e em garagens e algumas quedas de árvore.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59