sicnot

Perfil

Desporto

José Sá nos convocados do FC Porto para o dérbi com o Boavista

O guarda-redes José Sá é a única alteração na lista de convocados do FC Porto para o dérbi com o Boavista, da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol, relativamente ao jogo anterior na competição.

José Sá foi formado no Benfica e chegou ao Marítimo em 2011. É também internacional sub-21 por Portugal.

José Sá foi formado no Benfica e chegou ao Marítimo em 2011. É também internacional sub-21 por Portugal.

© Reuters Staff / Reuters

De acordo com a informação divulgada no sítio oficial do clube portuense na Internet, o treinador José Peseiro acrescentou para o jogo de sábado, no Dragão, o nome de José Sá ao lote de 18 jogadores que tinham sido convocados para o confronto anterior, com o Rio Ave, que os dragões venceram por 3-1.

O FC Porto nota que o guarda-redes, contratado ao Marítimo em janeiro, teve "um papel importante" na conquista do título da II Liga pela equipa B do clube, pela qual alinhou em 16 jogos, num total de 1.440 minutos.

O médio espanhol Alberto Bueno, a recuperar de uma lesão, é o único jogador indisponível para o encontro de sábado com o Boavista, com início às 11:45 horas, o primeiro jogo na história da I Liga que se vai iniciar durante a manhã.

O FC Porto, terceiro classificado, a 15 pontos do líder Benfica, defronta no Estádio do Dragão a equipa axadrezada, 13.ª classificada e já a salvo da despromoção, em jogo que será arbitrado por Carlos Xistra, da Associação de Futebol de Castelo Branco.

Convocados do FC Porto:

- Guarda-redes: Helton, Casillas e José Sá

- Defesas: Maxi Pereira, Martins Indi, Marcano, Layún e Chidozie.

- Médios: Rúben Neves, Evandro, Herrera, André André e Danilo.

- Avançados: Varela, Brahimi, Aboubakar, Sérgio Oliveira, Corona e André Silva.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.