sicnot

Perfil

Desporto

Pedro Proença despede-se de Bertino Miranda

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, despediu-se hoje de Bertino Miranda, o "melhor árbitro auxiliar do mundo", antes do início do jogo FC Porto-Boavista, da 34.ª e última jornada da I Liga.

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Fernando Veludo / Lusa

Bertino Miranda, que integra a equipa de arbitragem nomeada para o estádio do Dragão, chefiada por Calos Xistra, abandona hoje os relvados, tendo recebido "a homenagem merecida".

"O Bertino Miranda simboliza o melhor que o futebol profissional português foi capaz de produzir nas últimas décadas. Durante vários anos, prestigiou, com a sua qualidade, o seu profissionalismo e a sua retidão, a arbitragem portuguesa no plano nacional e internacional", destacou Pedro Proença.

O presidente da LPFP considerou ainda "um privilégio" poder distinguir Bertino Miranda "no dia do seu último jogo nas competições profissionais".

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC