sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da Comissão de Auditoria da FIFA demite-se

O presidente da Comissão de Auditoria da FIFA, Domenico Scala, demitiu-se hoje do cargo, em protesto contra medidas que considera ameaçarem a independência deste órgão.

© Ruben Sprich / Reuters

Esta decisão foi tomada depois do presidente da FIFA, Gianni Infantino, ter transferido para o Comité Executivo a competência de nomear ou demitir os presidentes das comissões de Ética ou Auditoria, o que, para Scala, "priva esses organismos da sua independência" e também "destrói um dos principais motivos das reformas".

Segundo Scala, com a decisão tomada em Congresso, na Cidade do México, é possível ao Comité Executivo "interferir, a qualquer momento, nas investigações".

"Estes órgãos ficam privados da sua independência e arriscam tornar-se 'auxiliares' de quem devem supervisionar", escreveu Scala, que se manifesta "consternado por esta medida".

Para Domenico Scala, "está em causa um pilar central da boa governação da FIFA e destrói-se um dos elementos fundamentais das reformas".

Foi a Comissão de Ética, composta por magistrados, que suspendeu por seis anos o antigo presidente da FIFA, Joseph Blatter, e o ex-líder da UEFA, Michel Platini.

O francês recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto, que reduziu a suspensão para quatro anos.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24