sicnot

Perfil

Desporto

Hamilton e Rosberg abandonam GP da Catalunha de F1

O britânico Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg, colegas de equipa na Mercedes, chocaram hoje na primeira volta do Grande Prémio de Espanha, em Barcelona, e abandonaram a quinta prova do mundial de Fórmula 1.

© Jason Reed / Reuters

O campeão do mundo Lewis Hamilton saiu da 'pole-position', mas o líder do mundial, com pleno de vitórias, Rosberg, conquistou a primeira posição logo na primeira curva da volta inicial.

Hamiltou manteve-se perto do alemão e, logo depois, em curva alargada, tentou ultrapassar Rosberg. O líder do mundial 'fechou' Hamilton, junto à relva, originando um pião, que resultou num choque entre ambos, arredando-os da prova.

O holandês Max Verstappen e o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, aproveitaram da melhor forma o incidente, passando para primeiro e segundo.

A Mercedes ficou impedida de somar a décima primeira vitória consecutiva e impossibilitada de amealhar pontos para a tabela de condutores e construtores, algo que não acontecia desde o Grande Prémio do Brasil de 2012.

A organização da corrida anunciou que o acidente seria investigado no fim da prova, que decorre em Montmeló, Barcelona.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".