sicnot

Perfil

Desporto

Lewis Hamilton desculpa-se pelo acidente com Nico Rosberg

O piloto britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, lamentou hoje a colisão, ainda na volta inaugural, com o companheiro de equipa, o alemão Nico Rosberg, que arredou ambos da discussão do Grande Prémio de Espanha, de Fórmula 1.

© Maxim Shemetov / Reuters

"É uma grande perda para a equipa. Trabalhámos bem para estar aqui e é muito doloroso sair na primeira volta. Estas coisas acontecem, a escuderia está unida e temos que voltar mais fortes", concluiu Hamilton, já depois de o austríaco Niki Lauda, ex-piloto e presidente não executivo da Mercedes, ter responsabilizado o britânico pelo acidente.

Lewis Hamilton, três vezes campeão do mundo, partiu da 'pole-position', mas Rosberg, líder do Mundial com pleno de quatro vitórias, conquistou a primeira posição logo na primeira curva da volta inicial.

Hamiltou manteve-se perto do alemão e, logo depois, em curva alargada, tentou ultrapassar Rosberg. O líder do mundial 'fechou' Hamilton, junto à relva, originando um pião, que resultou num choque entre ambos, impedindo a 11.ª vitória consecutiva da Mercedes.

O Grande Prémio de Espanha, quinta prova do Mundial, foi ganha pelo holandês Max Verstaapen, da Red Bull, que se tornou o mais jovem piloto a vencer uma corrida de Fórmula 1, com 18 anos.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.