sicnot

Perfil

Desporto

Villas-Boas admitiu que Zenit perdeu título russo por "culpa própria"

O treinador português André Villas-Boas admitiu esta terça-feira que o Zenit perdeu o título da liga russa de futebol por "culpa própria", em entrevista ao meio de comunicação oficial do emblema de São Petersburgo.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

© Alexander Demianchuk / Reuter

"Só nos podemos culpar a nós próprios, pois acho que éramos a melhor equipa da liga", disse o técnico, que abandona a Rússia neste final de temporada, nada revelando sobre o seu futuro próximo.

Para André Villas-Boas, o Zenit "jogou bem no capítulo ofensivo e marcou muitos golos", mas falhou em momentos cruciais: "Cometemos muitos erros e empatámos jogos em casa que nos fizeram perder muitos pontos".

Admitiu ainda um regresso, mais tarde, ao campeonato russo: "Espero voltar, mas isso não depende só de mim".

A equipa em que alinham os portugueses Luís Neto e Danny, assim como alguns ex-jogadores de FC Porto e Benfica, como Hulk, Witsel e Garay, é terceira classificada no campeonato russo, com 56 pontos, quatro atrás do Rostov e a seis do CSKA, que no próximo fim de semana decidem qual será o campeão.

Na mesma entrevista, Villas-Boas explicou ainda ter deixado a família em Portugal por não querer que "tivessem que aprender mais uma cultura", embora, ele próprio se confesse admirado pela franqueza da atitude do povo russo: "Não são hipócritas, aqui é preto ou branco, não há zonas cinzentas".

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC