sicnot

Perfil

Desporto

Alexis Santos espera que bronze de hoje seja "viragem" para a natação portuguesa

Alexis Santos, que hoje conquistou em Londres uma medalha de bronze nos Europeus de natação, espera que o feito represente uma "viragem na natação nacional" e que seja o "princípio de outros bons resultados" na carreira.

Matt Dunham

Após ser terceiro na final dos 200 metros estilos - numa prova em que Diogo Carvalho foi quinto -, o nadador português, de 24 anos, reforçou a ideia de que Portugal "é capaz de chegar às medalhas em grandes competições nacionais".

"Sabia que ia ser uma final difícil, porque havia sete ou oito nadadores capazes de chegar ao pódio. Tentei entrar forte na prova, mas sem comprometer a parte final. Controlei o nadador grego e o israelita para na segunda parte terminar muito forte", explicou no final da sua prova.

Para Alexis Santos, que a exemplo de Diogo Carvalho já está apurado para os Jogos Olímpicos, o bronze "é o resultado final de muito trabalho".

Carlos Cruchinho, treinador de Alexis, considerou o feito "espetacular", sobretudo após o regresso do nadador a Portugal, após uma passagem por Espanha: "Passámos por muitas dificuldades nos últimos anos desde que o Alexis veio de Espanha, este resultado dá-nos vontade de continuar o trabalho desenvolvido."

"Ele veio para Londres na máxima força, mas tinha apenas o 14.º tempo entre os inscritos. Fomos por isso passo a passo e surgiu a possibilidade de chegar ao pódio, que não desperdiçou. Acabou fortíssimo com garra e determinação e foi buscar forças onde não tinha", disse ainda.

Portugal não conquistava uma medalha em Campeonatos da Europa de natação há 31 anos - a anterior fora a prata de Alexandre Yokochi em 200 metros bruços.

Lusa

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • Governo cria fundo de apoio para as pessoas afetadas pelos incêndios
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O ministro do Planeamento e Infraestruturas reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas de Figueró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão  Grande. O Governo criou um fundo financeiro, com o contributo dos portugueses, para apoiar a reconstrução das habitações e a vida das pessoas afetadas pelos incêndios que lavram desde sábado. O fundo será aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros.

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC