sicnot

Perfil

Desporto

Aston Villa vendido a um grupo chinês por 76,5 milhões de euros

O Aston Villa foi vendido a um grupo chinês, propriedade de Tony Jiantong Xia, num negócio a rondar os 86 milhões de dólares (76,5 milhões de euros), anunciou hoje o clube de futebol de Birmingham.

© Reuters Staff / Reuters

Na sequência de uma época desastrosa, em que só somou três vitórias em 38 jogos, o Aston Villa não conseguiu manter-se na 'Premier League', sendo relegado para o 'Championship' (segundo escalão), o que não desencorajou Jiantong Xia a investir no clube.

O proprietário do clube, Randy Lerner, cuja base de negócios é nos Estados Unidos, já o tinha tentado vender nos últimos dois anos e só agora conseguiu arranjar um comprador depois de baixar significativamente o preço que pedia para 76,5 milhões de euros.

"O Aston Vila tem o prazer de anunciar ter chegado a acordo para a venda de cem por cento das ações de Randy Lerner para o grupo Recon, propriedade de Tony Jiantong Xia, venda essa que está sujeita a aprovação da 'Premier League' e da Liga de futebol", informou o clube em comunicado.

Uma vez consumada a aprovação da venda por esses dois organismos, bem como dos membros do novo conselho de administração, de acordo com os regulamentos em vigor, Jantong Xia tornar-se-á novo presidente do Aston Villa.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.