sicnot

Perfil

Desporto

John Terry prolonga contrato com Chelsea por mais uma época

O futebolista internacional inglês, e capitão do Chelsea, John Terry, assinou contrato por mais uma época com os 'blues', terminando assim a especulação em relação à sua continuidade, aos 35 anos.

© Reuters Staff / Reuters

John Terry, que representa o Chelsea desde os 17 anos, com uma curta passagem pelo Nottingham Forest, terminava contrato em junho e em janeiro chegou a dizer que ainda não recebera uma oferta do seu clube de sempre.

Na última semana as dúvidas ficaram desfeitas para o central, depois de falar com o treinador que assumirá o comando técnico do Chelsea, o italiano Antonio Conte, e com o proprietário do clube, Roman Abramovich, ficando a saber que ficaria.

"Estou maravilhado por assinar um novo contrato com o clube. Todos sabem que sou Chelsea. Estou ansioso por uma nova época com um novo técnico e esperançoso que seja de sucesso", disse o futebolista à página oficial do clube londrino.

Terry, que falhou os dois últimos jogos da Liga Inglesa, depois de ter visto um cartão vermelho frente ao Sunderland, chegou a fazer um emocionado discurso no relvado do Stamford Bridge, dirigindo-se aos adeptos no último jogo, com o Leicester.

O central, que chegou mesmo a ter uma festa de despedida cancelada, sempre quis continuar no Chelsea, apesar das ofertas de clubes chineses.

O capitão 'blue' chegou ao Chelsea aos 14 anos, até chegar ao estatuto de profissional, disputando um total de 703 jogos, o terceiro maior registo da história do clube e um recorde como capitão, por 570 vezes.

Como jogador do Chelsea conquistou quatro títulos de campeão, cinco Taças de Inglaterra, três Taças da Liga, uma Liga Europa e uma Liga dos Campeões, enquanto na seleção, da qual se retirou em 2012, tem 78 internacionalizações.

"Ele [Terry] chegou recentemente aos 700 jogos [no Chelsea], o que testemunha o seu profissionalismo e dedicação, bem como o seu inquestionável talento", referiu o presidente do Chelsea, Bruce Buck.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.