sicnot

Perfil

Desporto

Atuação da PSP junto ao estádio de Alvalade alvo de inquérito

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) abriu um inquérito para apurar os actos relacionados com a atuação da PSP na noite do último domingo nas imediações do estádio do Sporting, em Lisboa, informou hoje a IGAI.

Lusa

Lusa

MIGUEL A. LOPES

A IGAI diz que tomou conhecimento, na quinta-feira, através da visualização de imagens emitidas por vários órgãos de comunicação social, de um vídeo com imagens de uma ação policial, envolvendo elementos da Polícia de Segurança Pública e diversos cidadãos, no estádio José Alvalade.

"Estes incidentes impõem uma investigação detalhada a todo o circunstancialismo envolvente, e apuramento cabal de todos os factos, no sentido da confirmação ou não das suspeitas de uso excessivo da força e da identificação dos seus autores", adianta a IGAI, que fixou um prazo de 45 dias úteis para a conclusão do inquérito.

Em resultado do sucedido nas imediações do estádio José Alvalade e após visionamento das imagens junto a uma das sedes de um dos grupos organizados de adeptos, a direcção do Sporting decidiu fazer uma exposição ao Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Em comunicado, o Sporting assegura que "nas imagens podem ver-se agressões, de forma bárbara, a pelo menos um adepto do Sporting sem que se vislumbre nas imagens qualquer motivo para as mesmas".

"Este é um acontecimento que lamentamos que ainda aconteça nos dias de hoje e que repudiamos. Com esta exposição esperamos respostas claras e punições para os envolvidos", conclui o Sporting, presidido por Bruno de Carvalho.

Os incidentes verificaram-se na noite marcada pelos festejos do título de campeão nacional de futebol da primeira divisão pelo Benfica, tendo centenas de adeptos sportinguistas optado por se deslocarem ao estádio José de Alvalade para saudar a sua equipa de futebol, que terminou o campeonato em segundo lugar.

Entretanto, na quinta-feira, informou que a PSP abriu um processo de averiguações para apuramento dos factos e de eventuais responsabilidades disciplinares, tendo ainda elaborado auto de notícia que foi remetido ao Ministério Público.

O processo de averiguações é um procedimento interno de natureza disciplinar e de caráter sumário e urgente que permite a recolha de matéria factual que possibilite a abertura de eventual inquérito ou processo disciplinar.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.