sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa estreia-se frente ao bósnio Damir Dzumhur em Roland Garros

O tenista português João Sousa, 26.º cabeça de série, vai defrontar o bósnio Damir Dzumhur na primeira ronda do torneio francês de Roland Garros, segunda prova do 'Grand Slam' de 2016, ditou o sorteio realizado hoje em Paris.

JUANJO MARTIN/ EPA

Sousa, 28.º classificado do 'ranking' mundial, defronta um adversário posicionado 43 lugares abaixo na classificação da ATP, na 71.ª posição, mas frente ao qual perdeu os dois únicos encontros que disputou, em 2010 e 2013.

O tenista luso, de 27 anos, mediu pela primeira vez forças com Dzumhur na Taça Davis, tendo perdido por 4-6, 6-4 e 6-1, e voltou a sair derrotado no torneio 'challenger' de Kosice (Eslováquia), de forma ainda mais inequívoca, por 6-0 e 6-4.

Sousa, que disputa na sexta-feira as meias-finais do torneio de Nice, frente ao alemão Alexander Zverev, nunca ultrapassou a segunda eliminatória no quadro de singulares em Roland Garros, tendo sido afastado nessa ronda no ano passado, pelo britânico Andy Murray.

Caso se imponha a Dzumhur, que em 2015 atingiu a terceira ronda do torneio de terra batida, o melhor resultado do bósnio na prova francesa, o tenista português vai defrontar o vencedor do confronto entre o italiano Andreas Seppi e o letão Ernests Gulbis.

O suíço Stan Wawrinka, campeão em exercício e terceiro favorito, defronta na ronda inaugural o checo Lukas Rosol, enquanto o sérvio Novak Djokovic, finalista vencido, líder do 'ranking' mundial e primeiro pré-designado, mede forças com o chinês Yen-Hsun Lu.

O espanhol Rafael Nadal, quarto favorito e recordista de vitórias do torneio, com nove títulos (2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014) vai estrear-se na edição deste ano frente ao australiano Sam Groth.

No setor feminino, a norte-americana Serena Williams, atual campeã, número um do mundo e primeira cabeça de série, vai iniciar a defesa do título perante a eslovaca Magdalena Rybarikova.

Lusa

  • E agora?
    15:07

    Reportagem Especial

    Há uma semana, Portugal voltou a ser palco de uma tragédia que matou pelo menos 44 pessoas e deixou cerca de 70 feridas. Os incêndios destruíram mais de 800 casas, dezenas de empresas e explorações agropecuárias, mataram milhares de animais e consumiram uma gigantesca área de floresta. A reportagem da SIC andou pelo concelho de Tondela, onde três pessoas morreram e o levantamento de prejuízos ainda não está fechado.

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • "Não compreendi absolutamente nada a substituição do Casillas"
    1:58
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    Os guarda-redes de FC Porto e Benfica estão neste momento em destaque depois de José Sá ter assumido a baliza dos dragões em detrimento de Iker Casillas. Nas águias, Svilar repetiu a titularidade frente ao Desportivo das Aves. Os comentadores do programa Play-Off Rodolfo Rei, Rui Santos, João Alves e Manuel Fernandes analisaram as duas situações.

  • Famílias afetadas pelos fogos começam a receber bens de primeira necessidade
    2:30
  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quem são os lesados do BES?
    4:52