sicnot

Perfil

Desporto

Beatriz Gomes e Helena Rodrigues vencem Taça do Mundo em K2 200 metros

As portuguesas Beatriz Gomes e Helena Rodrigues venceram hoje a prova de K2 200 metros da Taça do Mundo de Duisburgo, enquanto Emanuel Silva e João Ribeiro conquistaram a medalha de bronze em K2 1.000 metros.

Federação Portuguesa de Canoagem

Beatriz Gomes e Helena Rodrigues venceram a final direta na distância, que cumpriram em 37,854 segundos, deixando as polacas Dominika Wlodarczyk e Anna Pulawska no segundo lugar, com o tempo de 38,372.

Em K2 1.000, Emanuel Silva e João Ribeiro não foram além do terceiro lugar, com o registo de 3.09.060, atrás dos bielorrussos Vitaliy Bialko e Raman Piatrushenka (3.08,902) e dos sérvios Marko Tomicevic e Milenko Zoric (3.08,986), primeiro e segundos classificados, respetivamente.

Fernando Pimenta terminou no sétimo lugar a competição em K1 1.000 metros, Bruno Afonso e Nuno Silva no nono em C2 200 metros, enquanto Francisca Laia venceu a final C em K1 200 metros.

Em C1 200 metros, Hélder Silva qualificou-se para a final A, com o primeiro lugar na meia-final, enquanto Tiago Tavares foi relegado para a final B.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.