sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona conquista Taça do Rei no prolongamento

O FC Barcelona ergueu hoje a sua 28.ª Taça do Rei de Espanha de futebol, alcançando a segunda dobradinha consecutiva, em Madrid, ao vencer por 2-0 no prolongamento o Sevilha, do português Daniel Carriço, expulso aos 120 minutos.

CHEMA MOYA

FC Barcelona, que há uma semana juntou a conquista da Liga espanhola ao Mundial de Clubes e Supertaça Europeia, e Sevilha, que na quarta-feira venceu a Liga Europa pela terceira vez consecutiva, fecharam a época como começaram, com a disputa de um troféu.

Se na Supertaça Europeia, que marcou o arranque da época 2015/16, não faltaram golos para todos os gostos, já que o FC Barcelona assegurou a conquista do troféu ao bater, no prolongamento, o Sevilha, por 5-4, após igualdade a 4-4, no Vicente Calderón foi necessário esperar até aos 97 minutos.

O lateral Jordi Alba, na resposta a uma solicitação longa do argentino Lionel Messi, foi o autor do primeiro golo da final da Taça de Espanha, que começou da pior forma para o FC Barcelona, reduzido a 10 unidades aos 36 minutos por expulsão do também argentino Javier Mascherano.

Mascherano agarrou a camisola de francês Kevin Gameiro, que avançava com perigo para a linha da entrada da área do FC Barcelona, e viu o cartão vermelho direto. Da marcação do respetivo livre, o argentino Banega viu o guarda-redes alemão Ter Stegen negar o golo com uma palmada.

Com menos uma unidade em campo, a equipa orientada por Luis Enrique deixou de poder recorrer ao seu estilo normal de posse de bola e disso tirou partido o Sevilha para criar perigo e quase marcar, como aconteceu através do remate de Banega à base do poste da baliza blaugrana.

O FC Barcelona voltou a sofrer um revés com a lesão do uruguaio Luis Suarez, máximo goleador europeu, substituído aos 57 minutos pelo brasileiro Rafinha, o que diminuiu o poder ofensivo do tridente sul-americano constituído ainda por Messi e Neymar.

A expulsão de Banega, aos 90+2 minutos, num lance em que derruba pelas costas Neymar, à entrada da área do Sevilha, deixou as equipas com 10 elementos cada e novamente equilibradas, em termos de jogadores, para o prolongamento.

A Taça do Rei acabou por pender no prolongamento para o lado do FC Barcelona, que marcou por Jordi Alba (1-0), aos 97 minutos, a passe de Messi, e por Neymar (2-0), aos 120+3, novamente após solicitação do argentino, já numa altura em que o Sevilha estava com nove jogadores, após expulsão de Daniel Carriço.

O FC Barcelona obteve o seu segundo 'doblete' consecutivo, após juntar hoje a Taça de Espanha ao campeonato conquistado há uma semana, com um ponto de vantagem sobre o Real Madrid e dois sobre o Atlético de Madrid, finalistas da Liga dos Campeões.

Lusa

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.