sicnot

Perfil

Desporto

Portugal inicia preparação para Euro2016 com apenas 13 jogadores

A seleção portuguesa inicia hoje, na Cidade do Futebol, a preparação para a fase final do Euro2016, ainda em regime livre e com apenas 13 dos 23 futebolistas convocados pelo selecionador Fernando Santos.

TIAGO PETINGA/LUSA

Os guarda-redes Rui Patrício, Anthony Lopes e Eduardo, os defesas Cedric, Raphael Guerreiro, Ricardo Carvalho e José Fonte, os médios Adrien, André Gomes, João Moutinho, João Mário e William e o avançado Éder terão de marcar presença em Oeiras até às 14:30 e têm um treino agendado para as 17:30, no relvado número 1 na nova casa da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Antes do apronto, que será totalmente aberto à comunicação social, todos os jogadores terão de efetuar os habituais exames médicos.

Certas são as ausências de Cristiano Ronaldo e Pepe, que vão disputar a final da Liga dos Campeões, Nani e Bruno Alves, que têm a final da Taça da Turquia com o Fenerbahçe, e Danilo e Rafa, que no domingo participaram na final da Taça de Portugal, entre FC Porto e Sporting de Braga, e vão ter direito a uns dias de descanso.

Depois de terem conquistado o campeonato nacional e, mais recentemente, a Taça da Liga, Renato Sanches e Eliseu também vão ser poupados no arranque dos trabalhos da seleção nacional, assim como Ricardo Quaresma, que ainda tem de fazer um jogo pelo Besiktas, e Vieirinha, que estará na digressão asiática de final da época do Wolfsburgo.

Com o regime livre, os jogadores terão apenas a obrigação de se apresentar durante os treinos, tendo total independência antes e depois dos trabalhos da seleção nacional.

Na fase final do Euro2016, Portugal vai disputar o Grupo F com Islândia, Áustria e Hungria.

  • Nuno Espírito Santo volta a desenhar no quadro
    6:54

    Desporto

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo".

  • "A frase que mais ouço quando digo que sou blogger é: 'Mas dá para viver disso?'"

    Web Summit

    É certo e sabido que a internet e as redes sociais abriram as portas a novas realidades laborais e sobretudo a oportunidades profissionais espalhadas um pouco por todo o mundo. Portugal não foge à regra e é cada vez mais uma parte desse todo, como o demonstra a organização da WebSummit para o triénio 2016-18. Foi precisamente por lá que encontramos a Sara Riobom, uma engenheira industrial convertida à blogosfera e a fazer vida disso mesmo.

    Martim Mariano